Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Mulher acusada de matar ex-sogros fazia ameaças frequentes

Yara não aceitava o fim do relacionamento com o filho das vítimas e agora está foragida; saiba detalhes do assassinato que chocou Fazenda Rio Grande (PR)

Cidade Alerta|Do R7

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Yara não aceitou o fim do relacionamento e resolveu se vingar da família do ex-namorado;
  • A tiros, um comparsa da jovem, tirou a vida dos ex-sogros da mulher;
  • O homem já foi preso; agora, a polícia procura pela suspeita;
  • Familiares pedem por justiça.
Jovem inconformada com término do namoro, mata ex-sogros em Fazenda Rio Grande (PR) (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta exibiu o caso da jovem que é suspeita de planejar e matar brutalmente os ex-sogros Cleusa Baranoski, de 43 anos, e José da Silva Barroso, de 32 anos, em Fazenda Rio Grande (PR). Yaritza Martins da Silva, de 24 anos, namorou um dos filhos de Cleusa, mas estava inconformada com o término. A polícia conseguiu prender Vanderlei Antunes, atirador apontado como comparsa de Yara, e agora segue em busca da jovem.

“Ela arquitetou esse plano, para poder, junto com o segundo autor [que já está preso], ceifar a vida das vítimas”, diz o delegado do caso.

Leia também:

Yara está foragida desde o dia do crime. Segundo informações, a jovem teria saído da chácara da sua mãe acompanhada por Vanderlei rumo à dos ex-sogros. O objetivo era pegar as vítimas de surpresa.

José foi assassinado de imediato a tiros, e a ex-sogra, que estava no banho na hora do crime, tentou fugir, mas não conseguiu.

Publicidade

A motivação seria uma briga familiar antiga. O relacionamento de Yara com o filho da vítima havia chegado ao fim por muitas discussões, mas ela nunca aceitou. A suspeita, então, começou a fazer ameaças para a família do ex-namorado.

“Terminaram porque era muita briga, ela era mais velha do que ele, tinha muito ciumes e ele não a queria mais”, relata uma testemunha.

Publicidade

Cleusa não aprovava a reconciliação do filho com a ex-nora, o que fazia com que Yara ameaçasse ainda mais a mulher. Um familiar afirma que a vítima nunca confiou nas ameaças, pois não acreditava que ela seria capaz de cumprir a promessa.

“Mandava mensagem falando que ia acabar com a família. Mas não falava como... E acabou”.

Publicidade

Os familiares do casal pedem por justiça e esperam que Yara seja encontrada para pagar com o crime cometido. “Dois trabalhadores que não mexiam com ninguém, não deviam para ninguém. Nós queremos justiça, que essa guria [Yara] seja presa, para não fazer mais nada com ninguém”.

Com o assassino preso, agora, a polícia espera encontrar autora do crime. Oficialmente, Yara se encontra foragida e a polícia segue com as investigações.

Assista ao vídeo:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.