Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

‘Não mata meu pai’, apela filho de comerciante assassinado durante briga

O crime aconteceu em um centro comercial de Goiânia (GO); as investigações seguem sigilosas

Cidade Alerta|Do R7

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Briga entre comerciantes em Goiânia (GO) acaba em morte;
  • Júlio estava devendo um dinheiro para Leandro;
  • Após uma discussão, o autor do crime efetua disparos contra a vítima;
  • A polícia segue investigando o caso.
Briga entre comerciantes em Goiânia (GO) acaba em tiros e morte (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta trouxe com detalhes a briga entres dois comerciantes que acabou em morte e aconteceu em Goiânia (GO). A motivação do crime foi por conta de uma dívida. Júlio Antônio Neto, de 27 anos, disparou diversas vezes contra Leandro Carvalho Bahia, de 43 anos. O suspeito já foi preso pela polícia.

A vítima foi até a loja do atirador para fazer a cobrança de peças que Julio havia comprado e não tinha pagado o valor completo. Uma discussão se iniciou no local e o autor do crime pegou uma arma e atirou na direção de Leandro. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Leia também:

Uma testemunha afirma que Leandro não estava armado e que Júlio efetuou um primeiro disparo contra a vítima: “Ele estava muito nervoso, tornou a voltar na loja do Júlio, ele [Júlio] fez o primeiro disparo e não acertou. E aí foi quando Leandro pegou na arma”.

“O filho dele de 14 anos presenciou tudo. O filho de cá [da loja] ainda gritou ‘não mata meu pai não’”.

Publicidade

Os advogados do acusado pretendem oferecer informações para a polícia: “Lamentamos profundamente o homicídio, o resultado, como a morte de qualquer outra pessoa, mas, o fato é que nosso cliente efetuou os disparos para proteger a própria vida”.

O caso está na Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios e corre em sigilo.

Publicidade

Assista ao vídeo:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.