Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Balanço Geral
Publicidade

Dona de salão de beleza morre em roubo de carro após ladrões simularem acidente

A gangue da batida fingiu um incidente e bateu levemente no carro da vítima, em seguida, os criminosos anunciaram o assalto; entenda o caso

Balanço Geral|Do R7

Lindinalva não reagiu ao assalto, mesmo assim foi atingida com um tiro e não resistiu
Lindinalva não reagiu ao assalto, mesmo assim foi atingida com um tiro e não resistiu Lindinalva não reagiu ao assalto, mesmo assim foi atingida com um tiro e não resistiu Reprodução/RECORD

O Balanço Geral acompanhou o caso da dona de um salão de beleza, Lindinalva Gomes do Amaral Silva, de 56 anos, assassinada por criminosos que roubaram o carro dela em Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo.

Os três suspeitos fazem parte da gangue da batida, eles bateram de leve no carro da vítima e quando ela desembarcou, anunciaram o assalto. Segundo as investigações, Lindinalva voltava para casa com uma amiga após curtir o feriado prolongado, quando foi surpreendida pelos homens armados que emparelhar os carros e fizeram ameaças.

Leia também

A vítima não reagiu, mas, mesmo assim, levou um tiro. A ação foi muito rápida e cruel. Os criminosos pouco se importaram que a vítima estava baleada, ela foi arrancada de dentro do carro junto com a amiga e as duas foram deixadas em uma avenida, na região metropolitana de São Paulo.

Os criminosos voltaram para dentro do carro e fugiram em alta velocidade. Uma equipe do SAMU foi acionada, eles prestaram os primeiros socorros, mas Lindinalva não resistiu. A Guarda Municipal também foi acionada e quando chegou ao local, começou a ouvir testemunhas e conseguiram o número da placa do carro da vítima e também do carro usado pelos bandidos.

Publicidade

Os guardas acionaram o sistema de monitoramento da cidade para saber os locais por onde os carros passaram depois da ação criminosa. Por meio de uma imagem da câmera de segurança, foi possível ver os carros da quadrilha e da vítima passando pela avenida.

Os agentes os perseguiram por 10 quilômetros, até que um dos ladrões perdeu o controle da direção e bateu em outro veículo. Após a colisão, eles abordaram Natan Messias Martins Rosa, de 18 anos, que acabou preso. Era ele quem dirigia o carro da vítima, mas negou ter atirado nela.

Publicidade

A perícia foi feita no veículo e o suspeito foi encaminhado para a delegacia. A Polícia Civil de Mogi das Cruzes (SP) continua as buscas para capturar e prender os criminosos que escaparam.

Confira na íntegra:

O Balanço Geral vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50; e aos sábados, às 13h, na RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.