Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Balanço Geral
Publicidade

Gottino se emociona ao tentar consolar mãe que perdeu o filho em Santos (SP)

O Balanço Geral exibiu reportagem exclusiva sobre assassinato de jovem em loja no litoral paulista

Balanço Geral|Do R7

Reinaldo Gottino se emociona com reportagem do Balanço Geral
Reinaldo Gottino se emociona com reportagem do Balanço Geral Reinaldo Gottino se emociona com reportagem do Balanço Geral

A equipe de reportagem do Balanço Geral voltou ao caso do empresário Thiago Vardello Nasser, de 24 anos, assassinado enquanto trabalhava em Santos (SP). Com exclusividade, a repórter Marcela Terra conseguiu conversar com Gustavo Varvello Nasser, de 22 anos, irmão mais novo da vítima, que também foi baleado no momento do assalto, e com a mãe dos jovens, Patrícia Varvello Nasser.

Os irmãos trabalhavam na própria loja de aparelhos celulares, localizada em um prédio comercial do litoral paulista, no momento em que um homem armado invadiu o local querendo levar os produtos.

Ao tentar defender Thiago, o irmão mais novo foi baleado na perna e permanece com a bala alojada na região.

Já recuperado, Gustavo diz acreditar que o ladrão acompanhava o perfil do estabelecimento pelas redes sociais e resolveu furtar os produtos: “Ele viu que postávamos vários celulares por dia e quis levar a loja inteira”. O caso foi registrado como latrocínio e o suspeito ainda não foi preso.

Publicidade

Arrasada com a morte do filho mais velho, Patrícia se revolta ao falar do descaso em relação ao caso: "O Thiago era meu braço direito, era a minha vida! [...] A dor que eu estou sentindo é dor de morte. Estou morta por dentro".

A mãe dos jovens completa: “Eu tenho mais três filhos, mas estou morta, me mataram! Não tenho mais vontade de me arrumar, não tenho vontade de comer. Meu menino foi embora! A vida tem que continuar, a vida de todo mundo está continuando e a minha acabou!" finaliza Patrícia.

Publicidade

Ao final da exibição da entrevista, em lágrimas com a situação, Reinaldo Gottino mandou uma mensagem à mãe do jovem: “Patrícia, eu queria tanto ter uma palavra de conforto para você. Eu queria tanto falar algo que pudesse te ajudar a enfrentar isso, mas eu não faço a mínima ideia do que dizer para tentar trazer um pouco de paz para o seu coração. A gente não pode achar isso normal: uma mãe enterrar um filho. A ordem natural da vida é um filho enterrar um pai e uma mãe depois de viverem juntos por muito tempo".

Com a voz embargada, o apresentador, que é pai de dois filhos adolescentes, continua: “É tão difícil criar um filho. Cada um reage de um jeito, [pois] você não sabe como vai ser o futuro, as companhias, a sua preocupação… Essa mãe conseguiu! Diz que passou fome, deixou de comer o que ela gostaria para dar uma estrutura para os filhos e eles cresceram e tiraram um dela. O cara entra, mata e vai embora e o prédio continua funcionando normalmente. Não é normal! É de cortar o coração! Eu não tenho palavras para essa mãe.”

Reinaldo Gottino finaliza sua fala cobrando por Justiça: “Eu quero tanto anunciar a prisão desse cara".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.