Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Balanço Geral
Publicidade

Radiologista é preso após ser acusado de abusar paciente

Médico nega as acusações, mas já teve passagem na polícia pelo mesmo crime

Balanço Geral|Do R7

Radiologista teria tocado nas partes íntimas da paciente sem utilizar luvas
Radiologista teria tocado nas partes íntimas da paciente sem utilizar luvas Radiologista teria tocado nas partes íntimas da paciente sem utilizar luvas

O Balanço Geral desta quinta (2) traz informações sobre o caso do radiologista que foi preso em flagrante acusado de abusar de um paciente em Copacabana (RJ). Segundo investigações, Martinho Gomes, de 35 anos, tocou nas partes íntimas da mulher sem utilizar as luvas. Ele nega as acusações, porém, já possui passagem na polícia pelo mesmo crime.

A vítima compareceu a uma clínica de radiologia para efetuar um procedimento ginecológico, uma ultrassonografia e foi atendida pelo médico acusado. Apesar de ser habilitado para realizar o exame, ele não estava acompanhado de outro profissional na sala, como determina a lei aprovada em outubro do ano passado. Ao passar pela consulta, ele teria tocado nas partes íntimas da mulher sem utilizar as luvas, que são obrigatórias.

O médico foi autuado por violação sexual mediante fraude e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, já que ele tem uma passagem pelo mesmo crime, cometido em 2020. Ele é natural de Tocantins, mas atua em clínicas do Rio de Janeiro (RJ).

A polícia já ouviu a vítima e as testemunhas, mas segue com as investigações do caso. Na delegacia, Martinho negou as acusações.

O Balanço Geral vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50, na tela da Record TV.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.