Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Balanço Geral
Publicidade

Caso Pavesi: médico que retirou órgãos de criança viva é preso

O médico foi condenado a 21 anos e oito meses de prisão

Balanço Geral|Do R7

O médico Álvaro Ianhez foi condenado a 21 anos e oito meses por retirar os órgãos do corpo de Paulo Pavesi, de 10 anos, que ainda estava vivo. O crime aconteceu há 23 anos em Poços de Caldas, Minas Gerais. A criança caiu de uma altura de dez metros e foi internada em estado grave. O médico alegou que o menino estava morto e começou a retirar os órgãos para doação, mas um exame apontou que a morte cerebral teria sido forjada e que o garoto ainda estaria vivo no momento da retirada dos órgãos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.