Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Câmera Record
Publicidade

Antes de se entregar, soldador que ateou fogo ao marido de colega concede entrevista a Cabrini

E ainda: Cabrini fala também com a mulher a vítima, uma personagem central da história

Câmera Record|Do R7

O Câmera Record deste domingo (5) exibiu uma investigação exclusiva de Roberto Cabrini sobre um crime que chocou o Brasil: o caso do soldador que matou queimado o marido de uma colega de trabalho. O crime brutal teria sido cometido por R$ 150. Flagrado em imagens de câmeras de segurança, Celso Edgar da Silva, de 29 anos, estava escondido até ser localizado por Cabrini, momentos antes de se entregar. E ainda: Cabrini fala também com a mulher a vítima, uma personagem central da história. Veja!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.