Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Câmera Record
Publicidade

Dez anos depois, marcas da maior catástrofe climática da história do país continuam presentes

Deslizamentos e enchentes mataram 918 pessoas na região serrana do Rio; 99 pessoas estão desaparecidas até hoje

Câmera Record|Do R7

No dia 11 de janeiro de 2011, centenas de histórias, sonhos e lembranças foram soterradas pela lama na maior tragédia natural da história do Brasil. A região serrana do Rio de Janeiro - especialmente as cidades de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo - foi devastada. Foram 918 mortes e, até hoje, 99 pessoas continuam desaparecidas. Para os sobreviventes, as cicatrizes seguem presentes, seja no corpo ou na alma.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.