Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta RJ
Publicidade

Polícia do Rio investiga se homem que ateou fogo após estuprar idosa teve ajuda para praticar o crime

A vítima chegou a ser internada e conseguiu relatar para a família o que tinha acontecido

Cidade Alerta RJ|Do R7

Uma idosa morreu após ter corpo incendiado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Amélia Chagas, de 62 anos, foi perseguida, assaltada, estuprada e teve o corpo incendiado por um homem não identificado. A vítima conseguiu pedir ajuda para um vizinho, que acionou a polícia. O criminoso fugiu levando o celular da idosa, dinheiro, uma televisão, um botijão de gás e a comida que estava na geladeira. A vítima chegou a ser internada e conseguiu relatar para a família o que tinha acontecido. A delegacia responsável pelo caso investiga se o homem que assassinou a idosa teve ajuda de mais uma pessoa para praticar o crime.    

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.