Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

"Ele confessou se vangloriando da ação", diz delegada sobre suspeito de invadir casa de Bruna Biancardi 

Em uma coletiva de imprensa, a delegada contou detalhes sobre o que a polícia já apurou; entenda

Cidade Alerta|Do R7

Em uma coletiva de imprensa, delegada informou que a polícia apurou a situação como roubo qualificado
Em uma coletiva de imprensa, delegada informou que a polícia apurou a situação como roubo qualificado Em uma coletiva de imprensa, delegada informou que a polícia apurou a situação como roubo qualificado

O Cidade Alerta acompanha o caso da influenciadora Bruna Biancardi, que teve a casa invadida e roubada por uma quadrilha na madrugada desta terça-feira (7), em um condomínio em Cotia, na grande São Paulo.

Em uma coletiva de imprensa, Monica Resende Gamboa, delegada, informou que a polícia apurou a situação como roubo qualificado. Três indivíduos entraram na residência de um condomínio situado na região da Granja Viana. Os assaltantes, munidos de arma de fogo, ingressaram na casa e fizerem o casal de reféns. Os cachorros alertaram a chegada dos criminosos.

Leia também

Os suspeitos anunciaram o assalto, disseram que sabiam quem se tratavam as vítimas, sogros do Neymar, e perguntaram sobre o paradeiro da filha do casal e o bebê. Porém, até o momento, a polícia concluiu que o foco dos criminosos era patrimonial. A janela da lavanderia da residência estava aberta, eles teriam entrado para roubar, se aproveitando da falta da energia elétrica.

Um dos suspeitos foi identificado como Eduardo e era morador do condomínio, ele teria autorizado a entrada dos outros criminosos. Segundo a polícia, o suspeito já tinha envolvimento no crime e respondia uma medida cautelar. Ele foi preso ano passado, logo após completar maioridade, pelo crime de tráfico de drogas

Publicidade

A polícia acredita que eles já estavam planejando o crime com seus comparsas, ele estaria morando há uma semana no local e a residência seria de seus pais. “A gente vai ficar rico e famoso”, disse um dos suspeitos do assalto.

Em relação a suposta tentativa de sequestro, a delegada disse não haver nenhum indício de cativeiro e descartaram a possibilidade. A motivação do crime seria patrimonial e sabiam do vínculo das vítimas com o jogador de futebol. A estimativa do prejuízo é de R$ 500 a 600 mil.

Publicidade

Segundo a delegada, os suspeitos sabiam quem eram as vítimas por acompanhá-las nas redes sociais. Além disso, eles tinham a informação de que a bebê teria recebido joias de presente no seu nascimento. “Onde estão as joias e bolsas da Bruna?”, perguntaram constantemente, conforme o depoimento dos pais de Bruna.

Eduardo confessou o crime e foi preso em flagrante. Os outros suspeitos ainda não estão foragidos. “Ele confessou se vangloriando da ação”, contou a delegada.

Publicidade

A família Biancardi morava no local há vinte anos. Os pais de Bruna estavam na casa no momento do assalto e foram amarrados, mas não se feriram. 

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.