Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Mistério na zona sul de SP: duas mulheres são encontradas mortas a poucos metros de distância 

O Cidade Alerta foi até o local onde tudo aconteceu e mostrou a reação da população com o ocorrido; confira

Cidade Alerta|Do R7

Com dois crimes simultâneos, a população local está assutada
Com dois crimes simultâneos, a população local está assutada Com dois crimes simultâneos, a população local está assutada (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta acompanha o misterioso caso de duas mulheres encontradas mortas a uma distância de 900 metros, no bairro da Saúde, zona sul de São Paulo. As vítimas eram Carla Cristina, de 35 anos, que esperava o seu sexto filho, e uma idosa. Ainda não se sabe a motivação dos crimes ou se estão ligados.

Grávida de quatro meses, a primeira mulher morava em uma viela onde todos se mobilizaram com o ocorrido. Muito comovida, a mãe de Carla preferiu não dar depoimentos. 

Leia também

Porém, seus filhos se pronunciaram e garantiram que, pelos sinais de violência no corpo, ela não pode ter morrido de forma natural. Além disso, revelaram que ela estava muito feliz com a sexta gestação e aguardando ansiosamente pela criança. 

A principal suspeita, até então, é de que Carla tenha sofrido uma tentativa de assalto ou até mesmo um crime passional. 

Publicidade

Apesar de o circuito de segurança local não alcançar as vielas da região, as imagens dos arredores ainda podem ajudar no trabalho da investigação policial. 

Quanto a outra vítima, se trata de uma faxineira encontrada a cerca de um quilômetro do corpo da primeira, horas depois. Mas, uma diferença entre os cadáveres é que a grávida já estava em um estado avançado de decomposição. Foi descoberto, então, que ela estava morta há quase uma semana. 

Publicidade

Carla não utilizava celular e, após seis dias sem dar notícias, a família resolveu procurá-la em sua casa e se deparou com a cena chocante e bastante sangue pelo local. 

Há cerca de um ano, a gestante se relacionava com um homem que, desde o ocorrido, não foi mais visto, o que aumenta a suspeita do seu envolvimento.

Publicidade

Contudo, a mãe da vítima preferiu não apontar suspeitos de início. Até porque a relação do casal não tinha histórico de violência conhecido. 

Agora, polícia investiga a possibilidade do companheiro estar envolvido tanto no caso de Carla, como no da idosa. 

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa foi acionado e, na comunidade onde tudo aconteceu, a polícia tentava conter a movimentação intensa da população apavorada enquanto aguardavam a perícia. 

Confira na íntegra:

Acompanhe atualizações de casos como esse no Cidade Alerta. O programa vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, respectivamente, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.