Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Namorado mata jovem com 32 facadas por não aceitar o fim da relação

Vítima foi agredida a socos e depois atacada com uma faca; o suspeito fugiu, mas se entregou momentos depois

Cidade Alerta|Do R7


Jovem foi brutalmente assassinada ao tentar por um fim no relacionamento
Jovem foi brutalmente assassinada ao tentar por um fim no relacionamento Reprodução/RECORD

O Cidade Alerta acompanha o caso de Mariane Aparecida Faria, de 24 anos, uma jovem bonita e cheia de sonhos que teve a vida brutalmente interrompida pelo namorado, de 28, em Minas Gerais.

De acordo com Amanda, prima da vítima, não havia nenhum indício de problemas entre a Mariane e o companheiro dela. “Aparentemente, os dois estavam bem. Não brigaram, não discutiram, ela até tava muito feliz”.

No dia do crime, Mariane e o namorado saíram juntos para curtir o Carnaval, tudo parecia bem até a volta para casa. A vítima trocou mensagens com a prima e disse, às 20h55, que não ia mais sair e que não merecia isso. Às 23h16, Amanda respondeu perguntando o que tinha acontecido. Depois disso, ela não teve mais respostas.

Leia também

No hospital, ainda com vida, Mariane conversou com a Polícia Militar e informou que o namorado havia feito aquilo com ela. Durante uma discussão com o rapaz, a vítima levou diversas facadas pelo corpo, principalmente pelo peito, nos braços e nas costas.

Publicidade

Após deixar a jovem no hospital, o suspeito entrou no carro e fugiu sem dar qualquer tipo de informação. Momentos depois, ele se arrependeu do que fez ele e ligou para a polícia confessando o crime.

O suspeito estava em Boa Esperança (MG), ele mesmo foi dirigindo até Varginha (MG). Primeiro, ele se apresentou para a Polícia Militar, depois os agentes levaram o rapaz até a delegacia de plantão da cidade.

Publicidade

Em depoimento, ele confessou o crime e disse que tudo aconteceu dentro do carro, na porta da casa da Mariane. Os dois iniciaram uma discussão e ele perdeu a cabeça, porque, segundo ele, a vítima queria terminar o relacionamento, mas ele queria insistir no namoro.

Mariane, mais uma vez, disse que não queria mais nada com ele. Em seguida, ele partiu para agressão com socos. Depois, pegou uma faca e deu várias facadas na vítima. Por fim, ele alegou que sofreu um ‘branco’ e que não se lembra de mais nada do que aconteceu.

A vítima chegou a passar por cirurgia por mais de três horas, mas não resistiu aos graves ferimentos e acabou morrendo. Segundo a prima, ela foi atingida por cerca de 32 facadas.

Segundo familiares, Mariane era uma pessoa do bem e muito alegre, já o namorado dela, segundo a prima, era muito instável. “Ela não podia fazer nenhum tipo de brincadeira perto dele que ele achava ruim”, contou Amanda.

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil e o suspeito já está no presídio de Varginha (MG). Enquanto isso, a família da jovem tenta entender o que aconteceu. “Muito difícil. Ele conseguiu tirar a vida dela e acabar com a vida da família inteira. Eu só peço Justiça”, desabafou a prima.

Assista ao vídeo completo:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.