Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Caso médica Sabrina: laudo do IML contradiz depoimento dado pelo marido da vítima

Ele é um dos principais suspeitos de ter matado a cardiologista

Cidade Alerta|Do R7

Laudo do IML apresenta informações que contradizem depoimento do marido de médica morta. Um novo laudo médico divulgado pela Polícia Civil do Distrito Federal apontou que Sabrina Nominato morreu antes das 7h50, o que contradiz o depoimento do marido da médica.

A cardiologista, de 37 anos, foi morta por asfixia intencional em outubro de 2020. O companheiro, que afirma ter encontrado o corpo, se tornou um dos principais suspeitos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.