Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Mulher é brutalmente agredida até a morte pelo marido; ele abafou os pedidos de socorro da vítima

O homem aumentou o volume do rádio dentro do apartamento onde o crime aconteceu

Cidade Alerta|Do R7

Uma mulher morreu após ser brutalmente agredida dentro da própria casa em Boituva, no interior de São Paulo. Ronaldo, companheiro dela, foi preso e confessou o crime. Ele fugiu após o assassinato, mas foi encontrado escondido nos fundos de uma casa. Testemunhas relatam que chegaram a ouvir Kelli pedindo socorro, mas que nesse momento o homem aumentou o volume do rádio. A vítima havia reatado recentemente o relacionamento com o homem, com quem teve um filho, hoje com 10 anos de idade. Pessoas próximas dizem que, segundo a própria Kelli, Ronaldo era muito violento e possessivo. A vítima foi encontrada com ferimentos por todo o corpo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.