Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Suposto pai do bebê de grávida executada tentou apagar histórico de celular da vítima

Diogo, que se negou a ceder material para o teste de DNA, também foi preso sob suspeita de encomendar o crime

Cidade Alerta|Do R7

Atualização no caso de Letycia, a grávida de 31 anos que foi executada em Campos dos Goytacazes (RJ). O suposto pai do bebê, preso sob suspeita de ser o mandante do crime, tentou apagar o histórico do celular da vítima. Diogo Viola de Nadai, 40 anos, é professor e empresário. Ele se negou a ceder material genético para a realização do teste de DNA. Mais dois suspeitos de envolvimento no crime também foram presos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.