Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Doc Investigação
Publicidade

‘Briga sozinho para que a justiça seja feita’, afirma Thais Furlan sobre pai de criança vítima da máfia dos transplantes

A cidade de Poços de Caldas (MG) foi palco de uma operação criminosa que chocou o país

Doc Investigação|Do R7

record; doc investigação; thais furlan; bastidores; caso paulo pavesi
Thais foi até a Itália conversar com o pai da criança vítima da máfia (Divulgação/RECORD)

A cada semana, a repórter investigativa Thais Furlan comenta os bastidores do episódio do Doc Investigação (série no estilo true crime produzida para o PlayPlus que vai ao ar na RECORD às segundas-feiras). Dessa vez, a jornalista revelou detalhes sobre o caso que ficou conhecido como a máfia dos transplantes, na cidade de Poços de Caldas (MG).

O esquema criminoso de tráfico de órgãos feito por médicos mineiros foi desmascarado após uma criança de apenas 10 anos deitar na mesa de cirurgia, e nunca mais sair.

Ao sofrer um acidente doméstico, Paulinho Pavesi foi levado ao hospital da cidade mineira, mas acabou não saindo vivo do local, embora tivesse dado entrada consciente. Com o falecimento, o pai da criança, Paulo Pavesi, autorizou a doação dos órgãos. Depois disso, descobriu que, na verdade, não foi seguido nenhum protocolo do diagnóstico de morte cerebral para isso.

Após investigações, a promotoria mostrou que os médicos envolvidos lucravam com a distribuição ilegal dos órgãos. Os profissionais da saúde operavam uma central clandestina de transplantes no interior de Minas Gerais.

Publicidade

Sobre o pai da criança, Thais falou que sua determinação em denunciar e lutar contra o crime foi o que fez o esquema ser desmascarado. De forma incansável, o homem luta para que os responsáveis paguem pela morte do seu filho. “Briga sozinho para que a justiça seja feita”, afirmou.

Outro detalhe que chamou a atenção da profissional foi a morte misteriosa do diretor da Santa Casa, hospital onde tudo aconteceu, que sabia de todos os detalhes por trás da operação e estava prestes a denunciar.

Publicidade

Confira a narração dos bastidores:

Quer saber mais sobre? Fique ligado no Doc Investigação para não perder nada. A série vai ao ar às segundas, a partir das 23h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.