Logo R7.com
Logo do PlayPlus
JR 24H
Publicidade

Decisão que impede desocupações e despejos em razão da pandemia é prorrogada até 31 de outubro

Barroso disse que, após um período em queda, os números da Covid voltaram a subir

Jornal da Record|Do R7

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, prorrogou até o dia 31 de outubro a decisão que impede despejos e desocupações de imóveis, devido à pandemia do coronavírus. O ministro argumentou que, após um período em queda, os números da Covid voltaram a subir em junho. Barroso solicitou que o presidente do STF, o ministro Luiz Fux, convoque uma sessão extraordinária do plenário virtual para discutir o assunto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.