Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Record - Acesse o Portal de Notícias da Rede de Televisão
Publicidade

Record TV exibe documentário "Nações em Conflito: Israel e os Povos Vizinhos no Tempo dos Reis"

Especial vai ao ar neste sábado (8), às 22h, e revela os costumes e rituais da população que vivia perto dos israelitas na época de Davi

Record TV|Do R7

Cristiane Cardoso, autora da série Reis, fala sobre o período marcado por conflitos em Israel
Cristiane Cardoso, autora da série Reis, fala sobre o período marcado por conflitos em Israel Cristiane Cardoso, autora da série Reis, fala sobre o período marcado por conflitos em Israel

O documentário Nações em Conflito: Israel e os Povos Vizinhos no Tempo dos Reis será exibido neste sábado (8), na tela da Record TV. A reportagem especial aborda como era a vida dos povos que cercavam os israelitas na época de Davi, período retratado na série Reis.

Há 3 mil anos, a região do Oriente Médio era marcada pelos confrontos de grandes exércitos em disputa por territórios. Mas, para o rei Davi, também havia outra batalha: a luta para manter o povo conectado com um único Deus. "Todas as nações pensavam muito distintamente de Israel", explica o historiador Luiz Gustavo Assis.

Os costumes e rituais de egípcios, filisteus e cananeus eram muito diferentes para os israelitas. Nossas equipes no Brasil e em Israel mostram as pesquisas e descobertas da arqueologia que comprovam essas diferenças entre os povos que cercavam aquele reino.

“Os filisteus eram politeístas. Então, existiam vários ídolos que eles adoravam, eles tinham templos e os israelitas não compartilhavam dessa fé", explica Silvia Epelboim, especialista em história de Israel.

Publicidade

Assim como os filisteus, cananeus e egípcios também acreditavam em vários deuses. Registros apontam que o povo cananeu se valia de um ritual extremo: o sacrifício infantil. "Muitos dos deuses representados têm os braços estendidos, então acredita-se que se colocava a criança ali para ser sacrificada", explica Christie Chadwick, doutora em Arqueologia Bíblica.

No Egito, chama atenção outra prática comum naquela época. "A gente sabe que entre os faraós se praticava o incesto", relata Christie. Os egípcios acreditavam que a relação entre parentes de primeiro grau era uma forma de manter uma “linhagem pura”. Hoje, a ciência sabe que o comportamento é uma das causas de diversas doenças genéticas.

Publicidade

Ao longo dos séculos, costumes tão discrepantes inicialmente acabam se difundindo entre as populações da região. Parte dos israelitas é influenciada por práticas de outros povos, o que os afasta das próprias origens. "Existia muita imoralidade sexual, muitas orgias. E isso vai trazendo inúmeros problemas para a nação de Israel", explica o historiador Luiz Gustavo Assis. Os casamentos dos reis com esposas de outras nações tiveram grande influência nesse fenômeno. “A gente tem aqui muitas mulheres trazendo os seus ídolos”, explica Luiz. 

A base de conduta que os israelitas deveriam seguir está contida nos relatos bíblicos, sobretudo nos Dez Mandamentos. “Todos nós conhecemos um pouco deles. Não cometer adultério, honrar o pai e a mãe, não ter outros deuses", diz William Schniedewind, doutor em Estudos Bíblicos da Universidade da Califórnia, Estados Unidos.

Publicidade

O esforço constante para manter os princípios é retratado na série Reis, da Record TV. Assim como os momentos em que parte do povo se corrompeu. “É terrível o que acontece por causa disso. Na série, as pessoas vão entender um pouco melhor essa história. Deus queria que Israel fosse a referência dele na Terra", explica Cristiane Cardoso, autora da superprodução.

"Os israelitas tinham uma ideia de família, onde pais e mães seriam respeitados, onde Deus precisava ser o alicerce dessa família e essa família representava a nação", acrescenta o historiador Luiz Gustavo Assis.

Nações em Conflito: Israel e os Povos Vizinhos no Tempo dos Reis vai ao ar neste sábado (8), às 22h, na tela da Record TV

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.