Logo R7.com
Logo do PlayPlus
TV Correio
Publicidade

TV Correio inaugura transmissão em satélite doméstico

Emissora é a primeira do estado a ofertar programação local gratuita na banda Ku e garante cobertura digital em toda Paraíba

TV Correio|RECORD Emissoras

(Divulgação TV Correio )

A TV Correio, afiliada RECORD na Paraíba, é a primeira a disponibilizar sua programação de forma gratuita e em alta definição para 100% do estado. O feito deve-se ao novo serviço contratado pela emissora junto à Speedcast e Embratel que está disponível para o público a partir desta quinta-feira, 07 de março. O novo sistema não depende de estações retransmissoras de sinal nos municípios e está acessível de forma simples ao telespectador com instalação de antena parabólica doméstica.

São 31 anos de história e a Correio sempre esteve na vanguarda da tecnologia de radiodifusão na Paraíba. Foi a primeira a distribuir seu sinal via satélite para as retransmissoras espalhadas pelo interior do estado, no ano de 2007. Ainda nessa esteira, foi a TV que largou na frente no processo de digitalização inaugurando captação, edição e transmissão em HD (High Definition) no ano de 2012.

O sinal terrestre da TV Correio já cobre a maior parte do território paraibano. Desde o início do desligamento do sinal analógico no Brasil foram instaladas geradoras em João Pessoa, Campina Grande, Solânea e Pico do Jabre, ponto culminante do relevo, localizado no município de Teixeira, no sertão. A adesão ao programa Digitaliza Brasil também impressiona. Foram 49 retransmissoras homologadas junto ao Ministério das Comunicações. Foi a concessionária com o maior número de instalações no estado da Paraíba.

O sinal digital chega ao satélite D2 em banda Ku através de uma parceria com a Speedcast, uma empresa especializada em comunicação multimídia com foco em transmissões via satélite para diversas aplicações. O satélite D2 70W é o mais usual do país e fica em uma posição orbital que garante um apontamento descomplicado e melhor estabilidade na recepção do sinal.

Publicidade

“A qualidade e a expansão de sinal são preocupações do Sistema Correio em todas as empresas. Subir nossa programação na banda Ku garante duas coisas: qualidade e expansão. Ao invés de instalar mais retransmissoras, nós disponibilizamos nossa grade de programação nesse satélite e as pessoas podem sintonizar a TV Correio nele de uma forma muito simples e acessível.” comentou Alexandre Ferreira, Gerente de Engenharia do Sistema Correio.

A recepção no lar dos paraibanos acontecerá de forma simples. As antenas são mais versáteis que as antigas parabólicas. Os modelos são menores, variando de 60 cm a 90 cm, semelhantes às de TV por assinatura no tamanho, mas diferentes por oferecerem sinal gratuito. Outra vantagem em relação às antigas parabólicas da chamada banda C é que elas não exibiam a programação local das emissoras, diferentemente das antenas em banda Ku. O paraibano pode acompanhar de onde desejar a programação campeã de audiência da TV Correio | RECORD.

Publicidade

“Na rede Correio Sat de rádios existe um slogan que diz: ‘não há distância que nos separe’. Há 17 anos a TV Correio investia na distribuição do seu sinal via satélite porque viu que aquela tecnologia era a mais moderna e a mais segura para não deixar as retransmissoras vulneráveis a um apagão. Aquela solução foi pioneira e mais uma vez a TV mostra seu pioneirismo. Em todas as cidades que não tinham sinal digital até ontem, hoje tem programação local, sem limites geográficos, de graça e em alta definição de som e imagem.” disse Webster Alves, Gerente de Programação da TV Correio.

As antenas são vendidas em lojas de eletrônicos e eletrodomésticos. Na internet, os kits com receptor e parabólica podem ser encontrados em torno de R$200,00. Além disso, inscritos no CadÚnico do Governo Federal podem solicitar seu kit gratuito no portal do Siga Antenado (sigaantenado.com.br) ou no 0800 729 2404.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.