Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Balanço Geral Interior
Publicidade

Polícia investiga morte de mulher de 62 anos encontrada enterrada no quintal de casa, em Barretos

Vizinhos sentiram falta da mulher e comunicaram a Polícia, que investiga o caso como latrocínio; nenhum suspeito do crime ainda foi identificado

Balanço Geral|Do R7, com informações do Balanço Geral Interior, RecordTV Interior SP

A Polícia Civil está investigando a morte de uma idosa de 62 anos, encontrada enterrada no quintal da casa dela, na tarde desta terça (1º), no bairro Los Angeles, em Barretos, interior de São Paulo. Segundo apuração da Record TV Interior, corpo de Nilza Maria Aparecida Costa Pingoud foi encontrado enterrado no jardim da casa dela, depois que vizinhos sentiram falta da mulher e comunicaram a Polícia.

De acordo com o boletim de ocorrência, o corpo de Nilza Maria Aparecida Costa Pingoud foi encontrado enterrado no jardim da casa dela. Vizinhos sentiram falta da idosa e comunicaram a Polícia, que começou a investigar o caso.

Idosa foi encontrada morta e enterrada em quintal de casa, em Barretos (SP)
Idosa foi encontrada morta e enterrada em quintal de casa, em Barretos (SP) Idosa foi encontrada morta e enterrada em quintal de casa, em Barretos (SP) (Reprodução/Redes Sociais)

Nesta terça (1º), um policial civil pulou o muro de uma residência vizinha e conseguiu entrar na residência. Ele percebeu que a terra do jardim estava remexida e ao verificar encontrou o corpo de Nilza enterrado no quintal.

Uma vizinha disse que não percebeu nada de anormal e não ouviu nenhum barulho; já outros dois vizinhos afirmaram ter visto um rapaz desconhecido, branco, magro, alto em frente à casa de Nilza no último sábado (29), mas não notaram nada de diferente. O suspeito ainda não foi identificado pela Polícia Civil.

Publicidade

A filha e um sobrinho de Nilza compareceram ao local, mas afirmaram que não mantinham contato regular com a vítima e não sabem o que pode ter ocorrido. O celular de Nilza não foi encontrado pelos policiais.

Na casa da idosa, existem câmeras de segurança e o aparelho de gravação das imagens foi apreendido para análise. A Perícia também apreendeu outros objetos para investigação do crime, que será apurado como latrocínio. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Barretos, e ainda não há informações sobre velório e enterro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.