Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Reis

Amanda Orestes assume o papel de Basemate em Reis — A Decadência: 'Realização de um sonho'

Décima temporada da superprodução da RECORD marca a estreia da atriz na emissora 

Entrevistas|Bianca Godoi, do site oficial

Amanda Orestes é Basemate na décima temporada
Amanda Orestes é Basemate na décima temporada Amanda Orestes é Basemate na décima temporada (Reprodução/Instagram)

Amanda Orestes assume o papel de Joana Freymuller e estreia na RECORD como Basemate, filha de Abisague (Barbara França) e Salomão (Guilherme Dellorto), na décima temporada da série Reis, A Decadência.

Em entrevista ao site oficial, a atriz revelou que participar de uma superprodução na TV aberta era um desejo antigo e, por isso, tem se dedicado diariamente. 

"É a realização de um sonho meu e da minha família. Desde muito nova, minha mãe sempre me ensinou a correr atrás do que acredito. Graças a isso, atuei em seriados, curtas e filmes no streaming. Mas, os meus familiares almejaram esse momento comigo, de ligar a televisão e me ver na tela. Todos estão muito felizes e ansiosos. Não tem coisa melhor do que isso, né? Deixar as pessoas que você ama orgulhosos". 

Antes mesmo de iniciar os trabalhos na emissora, a atriz fez questão de se inteirar sobre a trama. "Assisti todas as outras temporadas da série e desmarquei todos os compromissos no final do ano passado para estudar os roteiros. Em janeiro de 2024, começamos as preparações na RECORD e, a partir dali, não teve um dia em que eu não me dediquei a Basemate".

Na série, a israelita é irmã caçula de Tafate, que será interpretada por Bruna Trevisan em A Decadência, e uma das missões de Amanda para a décima temporada é criar uma relação de parceria com a colega de elenco. "Tem sido muito fácil nos aproximarmos. Passamos o dia inteiro juntas e até ficamos com saudades quando não nos vemos", disse. 

Amanda estreia na RECORD
Amanda estreia na RECORD Amanda estreia na RECORD (Reprodução/Instagram)

A atriz também adiantou que, assim como nas fases anteriores, Basemate e Tafate continuarão amigas. "A Basemate se torna uma mulher muito corajosa e autêntica, e a Tafate é mais 'pé no chão'. Elas fazem uma dupla muito legal e são parceiras".

A atriz ainda contou que a interação com Guilherme Dellorto e Henrique Camargo (Roboão) nos bastidores, pai e irmão dela na ficção, é a melhor possível. "O elenco é sensacional, não tive dificuldades para me enturmar, ainda mais em um ambiente com tantas pessoas do bem, fazendo o que amam. O Gui já nos trata como filhas e o Henrique como irmãs. O ambiente na RECORD me surpreendeu muito em todos os âmbitos. Todos são nota dez".

Para Amanda, o maior desafio até o momento tem sido se acostumar com o ritmo frenético do set de gravações. "Percebi que preciso me desligar de tudo para focar na personagem e entrar em cena concentrada. Isso demanda muita energia e atenção que, em um estúdio tão grande e movimentado, fica mais difícil e desafiador".

Por fim, a intérprete de Basemate confidenciou seu maior objetivo com o trabalho na série Reis. "Quero contar uma história que seja lembrada e inspire as pessoas".

Não perca a décima temporada de Reis, A Decadência, no dia 22 de abril na RECORD. Enquanto isso, reveja todos os episódios da série no PlayPlus.com e acompanhe a trajetória de Salomão na emissora. 

Elenco de Reis relembra momentos marcantes dos personagens:

" gallery_id="658354a01df97b69b30024c2" url_iframe_gallery="recordtv.r7.com/reis/entrevistas/amanda-orestes-assume-o-papel-de-basemate-em-reis-a-decadencia-realizacao-de-um-sonho-26032024"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.