Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Top Chef Brasil 3
Publicidade

“Foi a coisa mais intensa que vivi”, conta Carol Galindo sobre Top Chef

Chef relembra passagem pelo reality e planeja usar a gastronomia como uma ferramenta de transformação social 

Entrevistas|Juliana Lambert, do site oficial

Carol Galindo conta seus planos para o futuro
Carol Galindo conta seus planos para o futuro Carol Galindo conta seus planos para o futuro

Carol Galindo deixou a disputa pelo título de Top Chef com a certeza de que a experiência gastronômica ao lado de Felipe Bronze, Emmanuel Bassoleil e Ailin Aleixo valeu a pena:

“Foi a coisa mais intensa que vivi na vida. Me inscrevi no programa para me testar, ver em qual nível profissional estou e o que mais consigo fazer estando em situações diferentes. Estou levando comigo muito mais confiança em mim e no meu trabalho, muita gratidão e novas possibilidades”, revela a chef sobre a terceira temporada do reality Top Chef Brasil.

Ela também levou na bagagem uma frase especial que escutou de Felipe Bronze: “Ele disse que o último recurso de um chef extraordinário é a simplicidade, isso significou muito para mim, tinha muita dúvida se minha cozinha era realmente de alta gastronomia, não tinha certeza se as minhas técnicas seriam avaliadas como tal, e depois do Top Chef, sei que honrar minhas origens e fazer a comida que eu acredito pode me levar longe, muito mais que no programa talvez”.

Carol relembra outro momento especial que viveu no reality, ao se livrar da eliminação e conquistar a Faca de Ouro, com a melhor receita da noite: “Foi uma injeção de gás, tipo algo para te dizer que está tudo bem e que você tem chance na disputa, está no caminho certo. Uma conquista importantíssima também para mostrar força na competição”, afirma.

Publicidade

A passagem pelo programa trouxe mudanças importantes na vida da chef: “Eu mudei comigo mesma [risos]. Meu processo criativo aumentou muito e a autoconfiança também. Gostei muito do relacionamento com o público, me surpreendi com o tamanho da minha torcida, isso fortalece demais a gente”.

O futuro é agora!

Os planos para o futuro ganharam motivação extra após o Top Chef: “Tenho um projeto de montar um restaurante que estava há anos no papel, mas tinha um certo receio de abrir e não ser algo legal, que me representasse, agora, graças ao programa, esse projeto ficou mais claro e vai sair do papel, estou ajustando algumas coisas para apresentar a proposta para alguém que queira investir junto comigo”. revela.

Publicidade

Carol também dá aulas e presta consultoria: “Espero que isso aumente após o programa”, comenta.

Mas os sonhos não acabam aqui: “Também quero muito ter um programa onde possa ensinar pessoas a fazer da cozinha uma fonte de renda, acredito muito na gastronomia como ferramenta de transformação social. Além disso, são as pessoas que cozinham em casa, que têm pequenos comércios de alimentação na rua mantêm viva a cultura gastronômica de um povo. Isso é louvável e precisa também ter espaço e ser reconhecido”, observa.

Publicidade

Para fechar, Carol revela sua torcida e garante que está ligadinha no Top Chef Brasil: “Minha torcida vai para o Djalma e o Henrique, são cozinheiros incríveis, fora da curva, pessoas humildes e com um coração enorme”, avisa.

O Top Chef Brasil 3 vai ao ar toda sexta-feira, logo após A Fazenda 13.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.