Logo R7.com
Logo do PlayPlus
A Fazenda 14
Publicidade

Grupos A e B recalculam estratégias de jogo em A Fazenda 14

Após perderem integrantes, as equipes resolveram analisar o futuro no reality rural 

Novidades|Do R7

Peões do Grupo A conversando durante a festa
Peões do Grupo A conversando durante a festa Peões do Grupo A conversando durante a festa

Os Grupos A e B de A Fazenda 14 sentiram o impacto da perda de integrantes, e já estão tentando recalcular as rotas para aumentar as chances na disputa pelo prêmio.

As expulsões de Shay e Tiago, além da eliminação de Thomaz, afetaram não apenas o número de integrantes das equipes, mas principalmente as estratégias de jogo e as certezas dos peões. Depois do impacto inicial, Iran e Babi tiveram uma conversa franca na Casa da Árvore sobre o futuro do Grupo B.

O ator revelou que apesar do baque com a saída de Shay, que era um dos peões mais próximos a ele no reality rural, ele ganhou uma força extra para continuar. "Parece que me deu um gás. Vamos tirar força de onde não temos por ele", disse.

Na sequência, Kerline se uniu aos colegas e juntos eles começaram a articular quem seriam os alvos mais fáceis do Grupo A, para que mirem na próxima formação da Roça. A designer de moda revelou que Pétala e, especialmente, Moranguinho devem ser votadas por eles.

Publicidade

Durante a festa que rolou na noite da última sexta-feira (21), o reposicionamento do Grupo B no jogo continuou sendo pauta entre os peões. Ruvinha de Marte em conversa com Deborah e Alex até questinou os aliados sobre o jogo deles. "Será que a gente esteve errado o tempo todo?", disse.

O ator reforçou para a digital influencer que acredita que seu time não está equivocado, e afirmou que Shay voltou da Roça justamente por isso. Mas as dúvidas entre os peões do Grupo não acabaram e Pelé Milflows compartilhou com os amigos que eles precisam começar a agir como os aliados de Deolane. Ele acredita que precisam pagar as ofensas ou provocações na mesma moeda e não ficarem acuados. "Temos que ser barra pesada como eles", disparou.

Publicidade

"Eu acho que você pode estar inseguro, porque acha que está em um grupo fraco. Se você acha que está em um grupo fraco, vai ser o primeiro a sair dele. É o que eu falei para o Iran, eu não me arrependo de ter escolhido vocês", discordou Alex.

"Eu bati no peito falando que era Grupo B, e eu sou Grupo B até o final, perdendo ou ganhando", reforçou Pelé Milflows.

Publicidade

Grupo A

Mas não foi só o Grupo B que refletiu sobre as estratégias no game, os aliados de Deolane também aproveitaram a festa para compartilharem suas impressões. Eles conversaram sobre uma possível aproximação entre as equipes a partir de agora.

"A essa altura do campeonato, eu não vejo mais uma união", afirmou Moranguinho.

"Eu só vejo uma união se sobrar só o Iran, que a gente vai conseguir aceitar a absorver. O Pelé, com ressalvas e só", completou Vini.

"O Pelé e o Iran querem vir para cá", afirmou Bia.

O Grupo A também analisou o comportamento dos rivais e acredita que possa estar havendo uma crise que vai culminar no fim da aliança.

"O Brasil tá vendo que quando a gente conversa, somos justos, nós temos uma coerência de raciocínio, entendeu? Ser explosivo, não quer dizer que a gente é errado ou injusto. Mas eles não, eles se fazem de vítima, são injustos , mentirosos, apelativos e isso é um jogo sujo", comparou Moranguinho.

"Eu acho que cada vez mais eles vão se desmembrar", afirmou Vini.

"E já está acontecendo, é nítido", completou Lucas.

Como será que os peões vão lidar com as mudanças no reality rural?

Sob o comando de Adriane Galisteu, A Fazenda 14vai ao ar de segunda a domingo nas noites da Record TV. Acesse o PlayPlus e acompanhe 24 horas por dia tudo o que rola no Celeiro de Lendas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.