Logo R7.com
Logo do PlayPlus
A Grande Conquista 2
Publicidade

Polvo, tubarão, caranguejo e baiacu: confira como foi a dinâmica que mexeu com as estruturas da Mansão

Os competidores escolheram animais do fundo do mar para definir adversários

Novidades|Do R7


Os Conquisteiros tiveram que escolher animais aquáticos para apontar características de seus adversários Reprodução / PlayPlus

Os Conquisteiros participaram de mais uma Atividade de Apontamentos em A Grande Conquista. Na dinâmica, eles tinham que escolher animais aquáticos para apontar características de seus adversários. Rachel Sheherazade explicou as quatro opções: polvo (inteligentes e estrategistas); tubarão (mal humorados e difíceis de conviver); caranguejo (só andam de lado, não evoluem no jogo); e baiacu (impacientes e estressados). Confira como foi!

Os Donos começaram a atividade! Guipa escolheu o caranguejo para definir Dona Geni e justificou dizendo que ela vazou informações de uma conversa que tiveram. “É mais um alerta para a senhora confiar em mim”, disse o jornalista. A mãe de Jaque Grohalski revelou que ficou sem graça com a crítica: “Tudo que eu tenho que fazer tenho que pedir para ele. Estou sem saída. Estou sem graça”. Além disso, comentou que o adversário só pensa nele, mesmo dividindo o donado com ela.

Na vez de Geni, o escolhido foi o Brenno, que ficou com o Baiacu. Ela justificou dizendo que não tinha troca nenhuma com o ator, além dele ser estressado. No momento da sua defesa, o ator chamou a Dona de “sorrateira” e disse que ela tinha uma comunicação difícil. O jogador ainda relembrou de conflitos entre Geni e Any: “Chamou ela de chifruda”.

Já Fê apontou Taty Pink como caranguejo e justificou que a cantora tem “dois pesos e duas medidas” na hora da votação da Zona de Risco. Segundo o ator, uma pessoa que prefere estourar uma música a ganhar um milhão de reais, é uma competidora que não vai jogar com clareza. “Tu para de mentir, homem”, defendeu Pink.

Publicidade

Hadad também escolheu o caranguejo para Fellipe. O empresário alegou que o policial o acusou de ser “chefe de grupo” e “manipulador”, além de se esconder no jogo. “Você não está se posicionando como deveria”, criticou Hadad. Fellipe retrucou: “Respeito seu posicionamento, mas não me vejo como ‘escondido’”.

Por sua vez, Fellipe apontou Lizi e a deixou com o polvo. O policial mencionou que a ex-peoa de A Fazenda utilizava estratégias para se destacar na Vila com o intuito de chegar à Mansão. “Eu a vejo totalmente diferente do que era na Vila, comentou Fellipe. Ao se explicar, Lizi afirmou que não conseguia ser apenas um personagem e que não buscava conflitos, mas também não os evitava.

Publicidade

Será que a dinâmica deixou os alertas necessários para a próxima formação da Zona de Risco?

Sob o comando de Rachel Sheherazade, A Grande Conquista 2 vai ao ar de segunda a sábado, às 22h30, e aos domingos, às 23h, na tela da RECORD. Assine o PlayPlus e tenha acesso à transmissão 24 horas e conteúdos extras do reality.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.