Logo R7.com
Logo do PlayPlus
A Grande Conquista
Publicidade

Trairagem? Quebra de alianças entre Faby e Servo envolve acusações, lágrimas e 'manipulação'

Decisão do público abalou uma das amizades mais fortes do reality; entenda

Novidades|Do R7


Após uma longa guerra fria, ex-aliados se enfrentaram cara a cara
Após uma longa guerra fria, ex-aliados se enfrentaram cara a cara

A última manipulada do público em A Grande Conquista provocou uma baita mudança nos rumos do jogo dentro da Mansão! Após os telespectadores decidirem que os Donos, Thiago Servo e Erick Ricarte, assistiriam ao vídeo em que Stephanie Gomes diz que usaria o cantor para se proteger, a dupla se mostrou profundamente indignada, especialmente por conta da participação das grandes aliadas, Faby Monarca e Ana Paula Almeida, na conversa.

Ao descobrirem tudo o que rolou, os Donos desabafaram com Bruno Tálamo. “Pareciam três vilãs”, disse Erick. Servo concordou. “Sem caráter, querer fazer mal para um amigo seu”, lamentou.

Leia também

A decepção com as aliadas extrapolou os limites do quarto dos Donos da Mansão e logo causou o maior ‘bafafá’ entre os demais participantes. “Esperava isso de todo mundo, menos dela”, confessou Tiago Dionisio.

Ainda sem saber o que fazer e pensando em dar uma nova chance para a empresária, Servo chegou a trocar uma ideia com os colegas. Enquanto Tálamo insistiu que “não tem chance para pilantragem”, Toko ponderou um pouco mais e sugeriu uma estratégia.

Publicidade

Quanto à Stephanie, Servo tomou uma decisão: Arranjar vários jogadores para votarem nela. Um deles é Murilo Dias, que afirmou já ter a intenção de colocar a oponente na Zona de Risco antes de todo esse rolo. “Não concordo com falsidade”, disparou. 

Mas o outro lado da moeda também entrou em cena! Ao perceberem as fofocas no ar, Faby e Ana Paula ficaram bastante incomodadas. “Estão se achando com esse papo de vamos abrir o olho. Eu vou me distanciar”, declarou a empresária. “Não gosto que a pessoa duvide da minha amizade. Eu sou leal até o fim”.

Publicidade

Ana Paula, por sua vez, disse que a amiga agora sabe como ela se sentiu nos últimos tempos. “Eu fui usada e descartada como se fosse um papel”, criticou.

Preocupadas com a Zona de Risco, as aliadas colocaram as cartas na mesa sobre o que pensam ser as estratégias de Servo e Erick, já que os Donos da Mansão podem indicar uma pessoa para a berlinda. “Não tem traidor, eles estão interpretando como se o Brasil estivesse os alertando. Isso soa com mais arrogância ainda”, afirmou Faby. 

Publicidade

Mas depois de uma tremenda guerra fria, os dois grupos finalmente se enfrentaram cara a cara. Já dá para imaginar até como foi, né? Sinceridade ao extremo, acusação de trairagem e até lágrimas. “Para mim acaba aqui, se não tem confiança de amigo, acaba a amizade”, decidiu Faby. “Eu sou mulher, não sou moleca”.

Embora Servo tenha falado que não iria contar nada do que viu naquele momento, os dois continuaram a discutir sobre a ausência de uma conversa no instante em que ele se sentiu traído. “Para mim, Thiago, amigo é leal até o fim, não fica jogando no ar e deixando a pessoa se sentir mal”, apontou a empresária.

Veja como foi esse momento!

A Grande Conquista vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 22h45; aos sábados, a partir das 22h30; e aos domingos, sempre às 23h, na Record TV. Assine o PlayPlus e tenha acesso à transmissão 24 horas e a conteúdos extras do reality.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.