Logo R7.com
Logo do PlayPlus

Autora de A Rainha da Pérsia reflete sobre a personalidade de Améstris: ‘Para não sofrer, faz os outros sofrerem’

Cristiane Cardoso detalha comportamento da rainha na série; Estreia na RECORD acontece dia 17 de junho

Novidades|Do R7

Camila Rodrigues vive Améstris em A Rainha da Pérsia (Reprodução/Instagram)

“Uma linda rainha cruel”, é assim que Cristiane Cardoso, autora de A Rainha da Pérsia, nova série da RECORD que estreia no dia 17 de junho, começa a descrever Améstris em seu perfil oficial no Instagram.

A autora refletiu sobre a personagem de Camila Rodrigues com uma comparação entre os conhecimentos históricos e bíblicos acerca de quem foi a rainha.

“Ela ganhou o nome hebraico de Vasti e tudo que a Bíblia diz a seu respeito é que ela não aceitou a ordem do marido, o rei Assuero (nome hebraico para Xerxes) que queria expor sua beleza aos seus convidados de honra”, escreveu.

Saiba mais:

Cristiane também comentou sobre a relação entre o personagem de Carlo Porto e a rainha. “Amétris usa o seu poder sobre Xerxes para mantê-lo sobre o seu domínio e assim, quem sofre é ele, não ela. Um raciocínio bastante comum de muitos até hoje: para não sofrer, faz os outros sofrerem, assim você fica sempre por cima”.

A autora, então, conclui: “Mas isso nunca acaba bem. Todos que viveram e vivem por esse “princípio” acabaram e acabarão solitários e infelizes”.

Acompanhe a trama de Améstris em A Rainha da Pérsia a partir do dia 17 de junho, às 21h, na RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.