Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Balanço Geral
Publicidade

'Cuidar dele é o que me dá forças', desabafa esposa de homem desaparecido na zona sul de SP

Maurício de Souza, de 54 anos, tem dificuldades para falar e andar, o que preocupa ainda mais seus familiares

Balanço Geral|Do R7

Maurício costumava caminhar todos os dias, mas nunca foi tão longe
Maurício costumava caminhar todos os dias, mas nunca foi tão longe Maurício costumava caminhar todos os dias, mas nunca foi tão longe (Reprodução/RECORD)

Ao lado de uma família desesperada, o Balanço Geral acompanha as buscas por um homem que desapareceu há cerca de uma semana na Vila Andrade, na zona sul de São Paulo. Maurício de Souza França, de 54 anos, preocupa seus parentes a cada dia que passa fora de casa. 

Após sofrer um derrame há 10 anos, com as sequelas agravadas devido a uma queda no ano passado, o homem tem dificuldades para falar e andar. Mesmo assim, costumava fazer caminhadas curtas na região. Porém, no final do mês passado, ele saiu e ainda não voltou. 

Leia também

Maurício dependia da ajuda da esposa, Nice Rocha, para realizar diversas tarefas. Segundo ela, o homem jamais dormiria fora de casa e, no dia em que saiu pela última vez, não levou o celular. Possuia, apenas, sua carteira e a chave da residência. 

A mulher contou, ainda, que entre os cuidados que sempre teve com o marido, um deles se trata do registro de informações importantes em um local de fácil acesso, em caso de situações como essa.

Publicidade

Dentro da carteira de Maurício, ela deixava um papel contendo os dados pessoais de familiares e uma breve explicação sobre a condição de saúde do homem. "Se ele soubesse mostrar essa informação, nós já teríamos encontrado", disparou. 

No dia do desaparecimento, Nice saiu para trabalhar por volta das 10 horas e, como de costume, deixou tudo pronto para o marido. Apenas à noite, quando retornou para casa, descobriu o ocorrido e entrou em desespero. "Não vai sair para longe", foi um alerta que ela fez a Maurício antes de tudo acontecer. 

Publicidade

Moradores da região contaram à equipe do programa que viram o homem em sua caminhada na manhã da última quinta-feira (29), descendo a rua onde ele mora e, depois disso, sumiu. Um trabalhador local, revelou que chegou até a cumprimentá-lo no dia. 

O que chama atenção é que, apesar da confusão mental, Maurício sempre reconheceu muito bem todos os detalhes do bairro onde mora há cerca de 50 anos. 

Publicidade

Angustiada e desamparada, Nice falou sobre as dificuldades que está passando com a ausência do marido, com quem é casada há 32 anos, e pai do seu filho. "É muito desesperador", desabafou. Um Boletim de Ocorrência já foi registrado pela família. 

A esposa ainda descreveu exatamente como o homem estava quando desapareceu: "Calça jeans, camiseta cinza e tênis casual".

Seu principal medo é que Maurício esteja muito debilitado ou tenha sofrido algum mal. "Cuidar dele é o que me dá forças", afirmou Nice. 

Qualquer informação sobre a ocorrência é válida. 

Confira na íntegra:

Acompanha atualizações de casos como esse no Balanço Geral. O programa vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50; e aos sábados, às 13h, na RECORD.

" gallery_id="660b0d17416eb98f80000323" url_iframe_gallery="recordtv.r7.com/balanco-geral/cuidar-dele-e-o-que-me-da-forcas-desabafa-esposa-de-homem-desaparecido-na-zona-sul-de-sp-03042024"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.