Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Canta Comigo 6
Publicidade

‘Nunca entrei nesse meio artístico atrás de fama’, revela Nicholas Torres

Nos palcos desde a infância, o jurado do Canta Comigo 6 abriu o coração sobre carreira, e contou como é fazer parte do painel de especialistas; confira!

Entrevistas|João Pedro Gadelha*, do site oficial


O artista faz parte da bancada desde 2020 e segue para mais edições Reprodução/Instagram

Sempre se renovando e evoluindo a cada temporada, a família de jurados do Canta Comigo também conta com diversos integrantes fixos desde os primeiros episódios que foram ao ar sob o comando de Gugu Liberato. Presente na bancada desde a terceira edição do programa e a primeira comandada por Rodrigo Faro, o cantor, ator, dublador e publicitário Nicholas Torres conversou com o site oficial e contou sobre como é avaliar novos talentos e ainda deu detalhes da carreira, que começou na infância.

Nicholas marcou uma geração com seu trabalho na TV brasileira à frente de uma novela infantil e, ainda assim, sempre fez muito mais do que aparecer nas telas ao redor de todo o país. Artístico de várias formas, o especialista em entretenimento relembrou sua estreia nos holofotes: “Meus pais são músicos e eu comecei a carreira na música, com cinco aninhos. Desde lá, sou um louco apaixonado. A minha descoberta como ator foi com oito, nove aninhos, quando eu comecei a dublar”.

Leia também

O artista marcou muitas crianças e adolescentes de todo o país e não é raro encontrar fãs do outro lado do palco do reality da RECORD. Além de darem um show no programa, muitos candidatos aproveitam para se conectar com ídolos presentes no painel de especialistas, enriquecendo ainda mais toda a experiência. Sobre essa admiração que recebe, Nicholas confidenciou: “Nunca entrei nesse meio artístico atrás de fama e dinheiro. Acho que tudo é consequência de um trabalho bem feito. Eu faço por amor à arte e acho que o reconhecimento do público entra aí. Fico muito feliz mesmo e adoro quando o pessoal vem tirar foto”.

Com bagagem de sobra no ‘show business’, o artista conta com muita experiência para avaliar os competidores do reality musical e acaba, também, sendo uma inspiração para muitos deles. Por ter crescido no mundo da fama, o jurado conhece bem o caminho das pedras, e falou sobre um projeto que criou exatamente para quem também sonha em se jogar nos palcos. “É um treinamento, um direcionamento artístico para a galera que queira ingressar realmente, de fato, no meio. Eu falo bem um ‘bê-a-bá' mesmo, por onde começar, os prós e contras, o lado bom e o ruim também da carreira, que tem que se atentar”, explicou.

Publicidade

Vivendo e aprendendo

Mesmo com as orientações que costuma dar aos fãs, Nicholas revelou ao site oficial alguns dos principais ensinamentos que acumula. “Não adianta só se ter talento e dom. Então, a dica que eu dou é, em primeiro lugar, estudo. E não só para essa carreira, mas para qualquer outra, é a base sólida que você vai construir. Eu acho que sem estudo, você não vai a lugar nenhum”.

Além disso, considerando o cenário cultural do país, o avaliador elencou outros pontos de extrema importância: “Acho que persistência e resiliência também são importantes. O meio [artístico] é complicado, viver de arte no Brasil não é fácil. Então, é [preciso] não desistir, mesmo. Acreditar no teu talento, no teu sonho. E ir trabalhando, dia após dia. Porque quando a gente vai mandando para o universo, uma hora volta”.

Publicidade

Atmosfera única

Desde 2020 no painel de especialistas do Canta Comigo, o jurado acumula vivências na atração que, a cada edição, evolui. Assim como a música, o programa se transforma de maneiras marcantes. Analisando as mudanças que percebeu no decorrer dos anos, o cantor relembrou: “De uma temporada para outra, o que a gente sentiu muito foi a melhora dos candidatos mesmo. Desde a primeira, já foi gente muito boa e a galera se reinventa”.

Aproveitou, ainda, para falar sobre a relação entre os jurados é como de uma família: “A gente costuma brincar entre a gente que o Canta é uma bolha. A gente pega dois meses do ano e fica imerso ali nas gravações, falando, vivendo e respirando música. E todo mundo envolto na arte, de alguma forma. Então, é uma bolhinha que dá saudade na hora que acaba”.

Com essas e outras, Nicholas mostrou um pouco da importância do programa na sua vida e fez até mesmo uma declaração. “E, claro que, tem altos e baixos, [como] o nervosismo, que conta muito na hora de cantar ou não com o candidato. Mas, dá para perceber que todo mundo tem um grande talento e está atrás de um sonho. Acho que essa é a grande essência do Canta. Foi o que me fez querer entrar no projeto desde quando eu recebi o convite. E é maravilhoso, incrível. Eu tenho um super carinho pelo Canta Comigo”, desabafou.

Rigoroso ou nem tanto?

Já quando se trata levantar e entoar a voz com um competidor, o jurado tem até apelido entre os companheiros por ser exigente. Quase pioneiro na bancada, o artista admitiu: “Eu sou um pouquinho mais rígido e crítico. Mas, claro que eu levo muito em consideração o nervosismo, não é fácil você cantar para um painel de 100 jurados. Tem toda a tensão da televisão, das câmeras, enfim. A pressão do programa, naturalmente, é muito grande. Isso faz parte também da energia que rola ali no palco. Mas, em contrapartida, a gente considera, claro, a desenvoltura da pessoa. Se ela sabe contornar a situação bem, mostrando versatilidade”.

Porém, não é tão difícil assim agradar o artista e, sobre seus critérios bem definidos de avaliação, ele contou a fórmula ideal para ser conquistado. Sou o cara da afinação, me pega muito. Tem que estar redondinho, bonitinho. Se a pessoa é afinada, não precisa fazer nenhuma firula, agudo ou grito para me conquistar. Fazendo um arroz e feijão bem feito e passando a verdade ali [no palco], aí já me pega e não tem como não cantar”.

Cada vez melhor

O Canta é uma caixinha de surpresas! Por isso, a única certeza que se pode ter é que as expectativas vão ser superadas. As semifinais tiraram o fôlego de todos, e Nicholas observou: “O nível subiu exorbitantemente, assim, absurdamente”.

Relembrando as gravações da temporada, Nicholas ainda deu spoiler do que está por vir neste domingo (30). “Para a final, o pessoal de casa pode esperar grandes shows. Todos vão emocionar muito, a escolha da música de cada um foi espetacular, o repertório estava bem eclético e bem legal esse ano”, garantiu.

Homem de negócios

Com projetos promissores, o artista aproveitou para aumentar os ânimos dos fãs, e revelou detalhes do que está por vir na carreira. “Eu estou produzindo em Mendoza, na Argentina, uma linha de vinhos tintos e brancos que está para lançar agora. Fui para lá e eu mesmo produzi meu ‘blend’. Estou, agora, nessa empreitada de empresário também, da minha marca nova. Fora os shows, eu tenho feito, tanto particulares como corporativos e em casamentos. Tem alguns outros projetos na dublagem também e esses eu ainda não posso falar, mas logo estou soltando, vai ter bastante coisa bacana”, disparou.

A final do Canta Comigo 6 vai ao ar neste domingo (30), a partir das 18 horas, na tela da RECORD. Acompanhe o site oficial para ficar por dentro das novidades. Reveja as apresentações e o programa completo no PlayPlus.

* Estagiário sob supervisão de Juliana Lambert

Confira também!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.