Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Caso Thaís: investigação aponta que vítima já conhecia o principal suspeito

Mulher sumiu com um rapaz misterioso em uma tabacaria e seu corpo foi encontrado com sinais de violência

Cidade Alerta|Do R7

Jovem desapareceu após sair da tabacaria com suspeito e é encontrada morta
Jovem desapareceu após sair da tabacaria com suspeito e é encontrada morta Jovem desapareceu após sair da tabacaria com suspeito e é encontrada morta (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta acompanha o caso de Thaís da Silva Siqueira, de 23 anos, encontrada morta com sinais de agressão após sair de tabacaria com rapaz misterioso, em Curitiba, no Paraná.

No dia da fatalidade, Thaís chegava acompanhada de amigos em uma tabacaria, bem conhecida na região. Em determinado momento, a moça encontrou um homem e eles começaram a conversar. Segundo testemunhas, aconteceu uma aproximação durante horas, os jovens trocaram olhares e era perceptível o clima entre eles.

Leia também

Por volta das 3h, segundo as testemunhas, parte desses amigos resolveram ir embora, chamaram Thaís para ir junto, mas ela quis ficar mais um pouco no local. De acordo com outras pessoas, que continuaram no estabelecimento comercial, ela foi embora minutos depois na companhia do homem.

Horas depois, Thaís não apareceu em casa e a família se preocupou. Iniciaram as buscas pelo bairro e nas redes sociais. Durante a procura, encontraram o corpo da jovem a pouco mais de um quilômetro da tabacaria onde a vítima encontrou o suspeito.

Publicidade

"Ela foi encontrada em um córrego, seminua, com lesões nas mãos que indicaria que ela teria tentado se defender. Também apresentou lesões no pescoço e na cabeça", informou Victor Menezes, delegado.

Testemunhas disseram que Thaís nunca teria visto o homem antes, porém o delegado responsável pela investigação esclarece que, sim, a jovem conhecia o suspeito. Após encontrar o corpo da vítima, a polícia tentou contato com o suspeito, mas sem sucesso.

Publicidade

A investigação pode não contar com um elemento importante: imagens de câmeras de segurança. Apesar de a tabacaria ter equipamentos, segundo o proprietário do local, nenhum deles grava por conta de um problema no HD que teria sido danificado durante uma forte chuva no ano passado. Apesar disso, testemunhas devem ser ouvidas ao longo da semana e a polícia espera concluir a investigação em breve.

Confira na íntegra:

Publicidade

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da RECORD.

" gallery_id="65b97a2f43527fad0a0007d5" url_iframe_gallery="recordtv.r7.com/cidade-alerta/caso-thais-investigacao-aponta-que-vitima-ja-conhecia-o-principal-suspeito-31012024"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.