Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

‘Não adianta mais nada’, diz homem que matou e arrastou jovem acorrentada ao ser questionado sobre arrependimento

O corpo da vítima foi encontrado ainda com a corrente e o cadeado no pescoço; entenda o caso que chocou Sinop (MT)

Cidade Alerta|Do R7

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Criminoso que matou a jovem e arrastou o corpo pelas ruas é preso no Mato Grosso;
  • O corpo da vítima foi encontrado em local de mata, dentro de um córrego;
  • Wellington fugiu, mas foi encontrado e preso em Maringá (PR);
  • A polícia segue com as investigações.
Jovem é morta e tem o corpo arrastado pelas ruas da cidade em Mato Grosso (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta trouxe novidades do caso de Bruna Oliveira, de 24 anos, morta com golpes de faca em Sinop (MT). Além do assassinato, Wellington Onorato dos Santos colocou uma corrente no pescoço da vítima e arrastou o corpo pelas ruas da cidade. A violência foi flagrada por câmeras de segurança das ruas. O criminoso foi encontrado e preso.

“O suspeito alega que estava consumindo entorpecentes com a vítima, associado a álcool. Após uma discussão, ele teria voado no pescoço dela com as duas mãos, a jogado ao chão, batido a cabeça dela com força, até ela desfalecer”, conta a delegada do caso.

Leia também:

Após perceber que Bruna estava morta, o criminoso amarrou uma corrente e um cadeado no pescoço da vítima e saiu arrastando corpo pelas ruas da cidade. O corpo da jovem foi deixado em uma área de mata, em um córrego próximo à casa do autor do crime.

Segundo o irmão de Bruna, Wellington disse que deixou a vítima em casa, mas ela não apareceu. Ao ir até a residência do criminoso, ele já havia se mudado, e no quintal, havia marcas de sangue pelo chão.

Publicidade

O homem fugiu, mas foi identificado e preso em Maringá (PR).

Na delegacia, Wellington afirma que não tinha nenhum vínculo com a vítima e que ela foi lá para usar drogas e álcool por conta própria. Ao ser questionado sobre arrependimento, o criminoso afirma: “Não adianta mais nada”.

Publicidade

A investigação está em andamento e a polícia busca entender o motivo do crime.

Assista ao vídeo:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.