Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Saiba como agia o "Maníaco da Peruca" de Brasília (DF)

Lucas da Silva Lisboa foi preso em flagrante suspeito de sequestrar, roubar e abusar de garotas de programa

Cidade Alerta|Do R7

Suspeito usava perucas para tentar se disfarçar
Suspeito usava perucas para tentar se disfarçar Suspeito usava perucas para tentar se disfarçar (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta trouxe detalhes do caso de Lucas da Silva Lisboa, de 26 anos, preso em flagrante pelas equipes da 1ª Delegacia da Asa Sul, em Brasília (DF). Conhecido como "Maníaco da Peruca", ele é suspeito de sequestrar, roubar e abusar de garotas de programa.

O crime, que mobilizou as forças de segurança do Distrito Federal, aconteceu no dia 1º de fevereiro. Foram três horas de terror e seis pessoas ficaram sob a mira de um criminoso armado. Ele as ameaçou, amarrou e tentou roubá-las.

Segundo uma das vítimas, Lucas chegou no local dizendo que queria contratar meninas para uma despedida de solteiro. Durante a ação, ele pediu dinheiro para libertar os reféns. “Ele falou que tinha que ir embora para o Paraguai e que precisava de R$ 2 mil”, relatou.

Leia também

Após a prisão, uma apuração da 2ª Delegacia de Polícia da Asa Norte piorou ainda mais a situação do criminoso. Mesmo com o sujeito preso, a polícia cumpriu mais dois mandados de prisão preventiva contra ele.

Publicidade

“Ele simulava interesse em programa sexuais, ele mantinha relações sexuais com garotas de programa ou, por algumas vezes, mediante faca, forçava estas garotas a manter relação sexual com ele”, disse o delegado João Guilherme.

As novas investigações indicam que, em outubro do ano passado, Lucas teria ameaçado, amordaçado e roubado mulheres em outras casas de massagem e depilação.

Publicidade

Segundo a polícia, ele agia sempre do mesmo jeito. “É um criminoso perigoso, com diversas passagens por roubo, por estupro e tinha mandado de prisão”, afirmou o major da Polícia Militar Michello Bueno.

A ficha criminal do homem é extensa. Em 2018, ele já tinha sido preso por roubar perucas em uma loja em São Sebastião (DF). Ele também era procurado por outros crimes como roubo, ameaça, extorsão, estupro e lesão corporal.

Publicidade

Com mais essas acusações, o homem pode pegar mais de 41 anos de prisão. "Espero que ele seja preso, que ele fique lá, porque estuprador não pode estar na rua", desabafou a vítima.

Confira na íntegra:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta, às 16h50, e aos sábados, 17h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.