Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

‘Sem chão’, lamenta mãe de adolescente que saiu para vender moto elétrica e foi assassinado

Familiares de Chrystian, de 15 anos, acreditam que ele tenha caído em uma emboscada perto do bairro onde morava em Campinas (SP); veja o que se sabe sobre o caso

Cidade Alerta|Do R7

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Adolescente é encontrado morto em matagal após sair para vender moto elétrica, em Campinas (SP);
  • A família da vítima acredita que ele tenha caído em uma emboscada;
  • Parentes e amigos pedem por justiça;
  • A polícia segue com as investigações para descobrir os autores do crime.
Adolescente é encontrado morto em matagal após sair para vender moto elétrica (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta trouxe detalhes sobre o caso de Chrystian, de 15 anos, encontrado morto após sair para vender uma moto elétrica em Campinas (SP). Depois do desaparecimento do adolescente, a moto foi deixada em frente a um supermercado. O corpo de Chrystian foi encontrado em um matagal no mesmo bairro. Até agora, ninguém foi preso.

“Por que você morreu, meu amor? Você era luz, você era um menino bom”, chora Regina Nascimento, mãe da vítima.

Leia também:

O adolescente tinha mania de comprar e vender artigos para guardar dinheiro em busca do seu maior sonho: se mudar para Portugal e construir a vida fora do Brasil. A mãe de Chrystian acredita que o garoto tenha caído em uma emboscada.

Ao sair de casa para vender uma moto elétrica, Chrystian não retornou mais. A mãe, preocupada com a demora, acionou a polícia, mas não teve resposta. Então, os familiares de Chrystian resolveram sair por conta própria para tentar encontrar o rapaz.

Publicidade

Regina, mãe da vítima, acredita que o adolescente percebeu tarde demais que, na verdade, a venda se tratava de um roubo. No dia seguinte do crime, o corpo de Chrystian foi encontrado em um matagal próximo à casa onde morava.

“Foi terrível, você saber que ele estava tão perto, mas você não conseguir [ajudar], você fica perdida, sem chão”, lamenta a mãe.

Publicidade

A facção criminosa da área decretou um toque de recolher, impedindo que as pessoas saíssem de casa para ir ao velório e enterro do jovem.

“Quero justiça pelo que aconteceu com meu filho, ele foi espancado e morto por nada. Não pode ficar impune o que aconteceu com uma criança de 15 anos”, desabafa o pai da vítima.

Publicidade

A família não tem suspeitas. Mas os moradores do bairro apontam dois jovens que chamaram Chrystian para sair no dia do crime.

As investigações seguem em sigilo.

Confira na íntegra:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, na tela da RECORD.



Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.