Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Pintor é assassinado pelo primo durante disputa por herança avaliada em 800 mil reais

Um imóvel na zona oeste foi deixado pelo avô dos envolvidos

Cidade Alerta|Do R7

Um pintor de 53 anos foi assassinado pelo primo por uma disputa por herança de família na zona oeste de São Paulo. Os dois eram vizinhos no terreno deixado pelo avô, que valia, 800 mil reais. Segundo a família da vítima, Manoel queria tomar posse de tudo, mas Wanderley não aceitava e era constantemente ameaçado de morte. O crime foi premeditado, Manoel pegou sua caminhonete e atropelou Wanderley, que estava a caminho do trabalho de bicicleta. Depois atirou três vezes contra o primo, não satisfeito, colocou o corpo e a bicicleta no carro e desovou tudo em outra cidade, mas na pressa de fugir, deixou materiais de trabalho de Wanderley no local. A família reconheceu as peças e já imaginava o que poderia ter acontecido. Dias depois, Manoel foi preso e confessou o crime. O corpo foi encontrado hoje (29) e nossa equipe estava gravando no momento em que as filhas de da vítima receberam a notícia.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.