Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Doc Investigação
Publicidade

'Um grande psicopata', revela Thais Furlan sobre o serial killer de Goiânia

A repórter comentou detalhes que chamaram atenção sobre o assassino de mulheres que, mesmo preso, era desejado por muitas 

Novidades|Do R7

A repórter tentou ficar frente a frente com o homem, mas a penitenciária não permitiu
A repórter tentou ficar frente a frente com o homem, mas a penitenciária não permitiu A repórter tentou ficar frente a frente com o homem, mas a penitenciária não permitiu (Reprodução/Instagram)

Semanalmente, a repórter investigativa Thais Fulan comenta, nas redes sociais, os bastidores do episódio do Doc Investigação (série documental no estilo true crime, produzida para o PlayPlus que vai ao ar na RECORD às segundas-feiras). Dessa vez, a jornalista deu detalhes sobre as gravações do capítulo que fala sobre o serial killer de Goiânia. 

Identificado como Tiago Henrique Gomes, o assassino em série que aterrorizou a capital de Goiás há uma década, matando diversas mulheres, conseguiu fugir das autoridades durante anos.

Por não agir na região onde morava, ninguém nunca desconfiou do homem que, segundo a polícia, não demonstra arrependimentos pelo que fez. "Um grande psicopata", disparou Thais. 

Com apenas um tiro por vítima, Tiago destruiu várias famílias. E, até hoje, a polícia não sabe, de fato, a quantidade de pessoas que o criminoso matou. 

Publicidade

A repórter chamou atenção para uma questão que intriga mesmo após a prisão do homem. Segundo ela, a Secretaria de Administração Penitenciária precisou proibir que ele recebesse cartas. Isso devido à grande quantidade de mulheres que o mandavam dizeres românticos. 

Confira os detalhes do caso:

Quer saber mais sobre? Fique ligado no Doc Investigação para não perder nada. A série vai ao ar às segundas, a partir das 23h, na tela da RECORD

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.