Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Domingo Espetacular
Publicidade

Li Martins fala sobre relação com ex-integrantes do Rouge no PodCringe : "Não vou dizer que somos melhores amigas"

No papo com Michael Keller, ela também relembra o início de sua carreira, analisa como a maternidade a transformou, e revela um sonho profissional

Podcast PodCringe|Do R7

Li Martins fala sobre carreira e planos para o futuro com Michael Keller
Li Martins fala sobre carreira e planos para o futuro com Michael Keller Li Martins fala sobre carreira e planos para o futuro com Michael Keller

Um novo episódio do PodCringe já está disponível no canal do Domingo Espetacular no YouTube, R7.com,PlayPlus e demais plataformas digitais da RECORD. Dessa vez, Michael Keller, que comanda o podcast semanal, entrevista a cantora e atriz Li Martins, estrela de vários musicais e uma das integrantes do grupo Rouge, fenômeno no começo dos anos 2000 com o hit Ragatanga.

Durante a conversa com Keller, Li fala sobre a relação entre as integrantes do Rouge atualmente, e faz questão de deixar claro o enorme respeito que há entre todas. “A gente teve uma relação saudável, de muito respeito, caso contrário não teríamos feito turnê em 2017, 2018. Ano passado fizemos mais um show juntas. Não vou dizer que somos melhores amigas, mas tenho afinidade com todas elas”, explica a cantora, que se diverte ao tentar ensinar para Keller a coreografia famosa de Ragatanga

Li conta no PodCringe que começou a cantar com apenas 4 anos, em concursos de música japonesa, e relembra que um de seus maiores incentivadores sempre foi o avô materno que, aliás, escolheu seu nome, Patrícia Lissah. “Eu falava que queria ser médica, não cantora. Meu negócio era medicina, mas meu avô dizia: ‘Você tem que ser cantora!’. Era uma das pessoas que mais me incentivava na música”, emociona-se Li, que fez questão de usar o nome Lissa (Li), artisticamente, em homenagem ao avô.

Com o fim do grupo Rouge, Li passou a se dedicar ao teatro musical, e vem se destacando nessa área, a cada novo espetáculo. Mas tem um sonho profissional que espera realizar em breve. “Nunca fiz nada meu, um trabalho solo, talvez com músicas autorais, com a minha cara, contando um pouco da minha história, voltando às minhas origens”.

Publicidade

A cantora é casada com o modelo JP Mantovani. Os dois se conheceram quando participaram de A Fazendo 8, em 2015, na RECORD. Em 2021 o casal também integrou o elenco do Power Couple Brasil, outro reality da emissora. Li e JP têm uma filha, Antonella, de seis anos, e ela afirma que ser mãe a transformou. “A maternidade me ensinou muito... Até então a prioridade sempre foi trabalho. Depois que você tem filho, dá uma acalmada e vê que não é bem assim... Mudamos um pouco o olhar da nossa relação com o trabalho, com o dinheiro, começamos a perceber o que tem valor”, analisa. 

A entrevista completa de Li Martins no PodCringe pode ser acessada no canal do Domingo Espetacular no YouTube, onde também estão as edições anteriores do podcast apresentado por Michael Keller.

Assista:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.