Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta Interior
Publicidade

Caso Ana Júlia: MP quer saber se jovem morreu de tiro acidental ou se foi feminicídio em Ribeirão Preto

Matheus Augusto Pinto, de 20 anos, era marido de Ana Julia e manuseava a arma no momento do disparo; ele responde em liberdade

Cidade Alerta|Do R7 Record Interior SP

Caso Ana Júlia: MP quer saber se jovem morreu de tiro acidental ou se foi feminicídio em Ribeirão Preto


O Ministério Público aguarda o inquérito policial da morte da jovem Ana Júlia Borsoi, de 19 anos, atingida com um tiro no peito no último mês de abril, em Ribeirão Preto. O marido, Matheus Augusto Pinto, de 20 anos, manuseava a arma e disse que o disparo foi acidental; ele chegou a ser preso, mas responde em liberdade. O promotor que acompanha o caso quer saber se foi feminicídio ou se o disparo foi mesmo acidental.

*Reportagem exibida em 07/05/2024.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.