Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta Interior
Publicidade

Morte de bebê: família acusa hospital de erro médico

Santa Casa de Franca diz que o bebê era prematuro extremo.

Cidade Alerta|Do R7


Olha essa história: uma mulher de 25 anos, que estava grávida de seis meses, deu entrada na Santa Casa de Franca, na semana passada, com hemorragia. Ela ficou quatro dias internada, e no domingo precisou passar por uma cesárea de urgência. Quando nasceu, o bebê foi encaminhado direto à UTI neonatal, pois o estado de saúde era grave devido a prematuridade, e precisou ser intubado. Os familiares foram proibidos de ver a criança, e no dia seguinte, funcionários do hospital informaram que ela tinha falecido. O que intriga a família é que a criança estava com uma touca. Ao tirar essa touca, uma tia percebeu um corte na cabeça com nove pontos. Os pais acusam o hospital de erro médico, e procuraram a polícia. A família do bebê falou com o Cidade Alerta.

*Reportagem exibida em 30/08/2022.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.