Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Reis

Felipe Camelo estreia na RECORD como Baalnatan em Reis — A Divisão: ‘Misterioso e determinado’

Ator adianta que o personagem vai tentar estabelecer uma nova ordem em Israel na décima primeira temporada da superprodução

Entrevistas|Gabriel Alberto, do site oficial

Felipe Camelo é Baalnatan em Reis — A Divisão (Divulgação/Seriella Productions)

Felipe Camelo promete causar na sua estreia na TV aberta. Em Reis — A Divisão, décima primeira temporada da superprodução, o ator dá vida a Baalnatan, que vai levar novos conflitos ao reino de Roboão (Henrique Camargo).

Ao site oficial, Felipe contou como tem sido fazer parte da superprodução, além de dar detalhes do que será visto nos episódios da série.

Logo que começou a se preparar para A Divisão, o ator fez um post emocionante, explicando o significado do reconhecimento do trabalho na trajetória no audiovisual.

“Como profissional, significa a coroação da ideia comum do que é ser chamado de ator. A nossa trajetória é muito longa, com uma vida inteira no teatro, preparação e estudos, mas o senso comum nunca entende este ator como um profissional de verdade, e quando você vai para a televisão, parece que de alguma forma é validado”, analisou Felipe, que prosseguiu com a reflexão.

“Não individualmente, porque você sabe da sua trajetória, mas de modo social parece que as pessoas finalmente entendem isto como sua profissão”.

E neste ponto, a estreia na RECORD tem sido um momento especial para Felipe: “É muito bonito sentir o clima familiar que existe aqui, de apoio irrestrito e generosidade. Todo mundo te recebe de braços abertos e prontos para uma troca real. As construções são em parceria e isso faz a diferença para você se sentir à vontade e realizar um trabalho da melhor forma possível”.

Confira o post emocionante de Felipe no Instagram:

Em A Divisão, Felipe é Baalnatan, sodomita que vai levar o culto a Aserá para dentro do reino de Judá. E sem dar muitos spoilers, adiantou:

“Ele é muito misterioso e determinado a alcançar os propósitos dele”.

Ao ser questionado sobre o núcleo de personagens do qual faz parte, foi sucinto sobre o que eles vão aprontar: “Acho que o estabelecimento de uma nova ordem”.

Ou seja, a emoção está garantida! E, para isso, Felipe tem se preparado de forma intensa, seja mergulhando no personagem com os estudos e pesquisas ou em workshops com os preparadores de elenco da série.

O ator revela que a preparação com Antonio Gonzales, o Gonza, tem sido essencial, pois Felipe tinha tido uma percepção inicial sobre Baalnatan e [agora] trouxe uma compreensão do personagem de uma forma mais sensorial, corporal, para, em seguida, entender a mente dele.

“Foi feito de forma muito colaborativa. Lembro que na primeira gravação estava um pouco perdido em relação à fisicalidade dele e com a gravação, a compreensão amadurece, e duas semanas depois eu podia respirar como ele”, garantiu Felipe.

O ator destacou a importância da troca com o elenco no set de gravação para o sucesso das cenas e revelou que, durante os estudos, a descoberta do significado do nome do personagem trouxe mais informações para a construção: “Fazer primeiro essa pesquisa etimológica do nome me ajudou a entender o que seria parte do personagem, mesmo antes de começar a ler o roteiro propriamente dito”.

Felipe Camelo define Baalnatan como misterioso e determinado (Divulgação/Seriella Productions)

Felipe confidenciou também as percepções do dia a dia dando vida a Baalnatan em cenas intensas na série:

“O processo da descoberta de um personagem tão intenso fisicamente e perturbado emocionalmente, coloca um espelho na frente da gente. Quando o ator vai desenvolver seu material, não pega a matéria-prima do nada, ele de alguma forma se utiliza.

Ele contou ainda que, em uma das cenas que ainda vai ao ar na série, teve uma crise de choro ao finalizar a sequência e atribuiu às emoções tão intensas de Baalnatan.

Um outro ponto que facilitou o trabalho de Felipe foi a transformação radical no visual, considerada interessante por ele. O ator tinha cabelos longos e teve que raspar a cabeça para viver o sodomita.

“Não me abalei com isso. Meu corpo está a serviço do meu trabalho. Mas o engraçado foi que a percepção de autoimagem mudou totalmente. Você está acostumado a se olhar e se ver de uma forma. Depois da mudança, lembro que passava por espelhos em lugares abertos e não me reconhecia”, contou.

Veja a transformação de Felipe:

O corte de cabelo auxiliou o artista a entrar no personagem mais facilmente: “Com certeza. É uma totalidade. Acho que pela velocidade do processo, passa pela fisicalidade, tanto da estética quanto do movimento, até você conseguir entender a profundidade dele”.

Por fim, Felipe não esconde a ansiedade em ver seu primeiro trabalho na televisão aberta: “Confesso que ainda estou um pouco anestesiado pela honra de poder fazer o trabalho, mais do que pensar na repercussão dele. Estou muito grato e feliz de viver isso agora e quero dar o melhor de mim. Estou ansioso para assistir, mas vivo o hoje, o agora. E o prazer de estar aqui e as amizades que vão se formando me deixam muito feliz.

O que Baalnatan vai fazer em Jerusalém? Descubra em Reis — A Divisão de segunda a sexta, às 21h, na tela da RECORD, com melhores momentos aos sábados, no mesmo horário. Para rever todos os episódios, é só acessar o PlayPlus.com.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.