Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Reis

Ingrid Conte define Naamá e destaca os desafios de viver a personagem em Reis: "A beleza está na inocência dela"

Atriz explica preparação para viver a amonita em diferentes fases da série e ressalta lado emocional da jovem

Entrevistas|Gabriel Alberto, do site oficial

Ingrid aponta desafios de viver Naamá na série
Ingrid aponta desafios de viver Naamá na série Ingrid aponta desafios de viver Naamá na série

Desde o início de Reis, o público acompanha Ingrid Conte como a narradora da história. No entanto, no final de O Pecado, o grande mistério acabou: foi revelado que ela é Naamá, casada com Salomão (Guilherme Dellorto) e mãe de Roboão (Henrique Camargo). A jovem foi o primeiro amor do príncipe e, em A Consequência, os fãs da superprodução acompanham a construção dessa relação entre os dois.

Além de viver Naamá na juventude e no futuro, Ingrid também deu vida à mãe dela, Áshima, que teve um desfecho trágico. Ao site oficial, a atriz contou como foi a preparação para explorar diversas facetas de seu trabalho em um mesmo projeto:

“Tive a sorte de ter a Fernanda Guimarães como preparadora ao meu lado, porque a gente começou a construir a Naamá como narradora sem ter muitas informações sobre qual era a história de verdade daquela personagem”.

Leia também

Ingrid explicou que, no início da série, a narradora contava histórias ainda distantes da realidade de Naamá. Aos poucos, alguns conflitos foram revelados. “Tudo de uma forma muito sutil para manter o mistério da identidade dela”, lembrou.

Nos momentos em que aparece como narradora, o público percebe que há questões mal resolvidas entre a personagem, seu filho e o rei. No entanto, em A Consequência, o início do amor entre Naamá e Salomão é vivido de uma forma pura e romântica, a partir da iniciativa da jovem. 

Naamá sempre foi apaixonada por Salomão
Naamá sempre foi apaixonada por Salomão Naamá sempre foi apaixonada por Salomão

“A Naamá sempre soube o que quis e ela transborda [de emoção]. O que a Naamá sente é maior do que ela. Ela é espontânea e ingênua, não finge uma coisa que não é. Acho que a beleza está nessa inocência dela”, definiu Ingrid. 

Na trama, os dois se conheceram ainda adolescentes, quando Naamá foi salva de um acidente pelo príncipe. Desde então, a jovem nutriu um amor por Salomão e começou a escrever papiros românticos para conquistá-lo.

Apaixonada, Naamá se deitou com Salomão, mas se arrependeu e luta para que o príncipe assuma a relação em meio às inseguranças dele. Agora, grávida, a jovem tem enfrentado muitos conflitos em busca de um sonhado final feliz

“Ela é muito conectada ao que sente. Está muito inteira naquela situação e se entrega de corpo e alma para Salomão. E a gente vai ver que esse é o grande tombo dela. A Naamá é muito da emoção. Ela sente e faz, é impulsiva. Não tem um espaço de tempo entre o sentir e agir”, refletiu a atriz.

Confira o momento em que Naamá revela a gravidez a Salomão:

Naamá narradora x jovem Naamá

Já como narradora da trama, Ingrid precisou se preparar para contar o começo da trajetória da personagem. Isto é, mostrar ao público como esta jovem se tornou uma mulher com uma bagagem emocional tão conflituosa em relação ao seu grande amor.

“A gente teve que construir a Naamá de uma forma muito mais leve, porque a narradora já é um outro momento da vida, em que ela já passou por vários traumas e se torna mais madura a partir desses acontecimentos”, contou a atriz.

No futuro, há conflitos entre a narradora e o rei
No futuro, há conflitos entre a narradora e o rei No futuro, há conflitos entre a narradora e o rei

Viver a personagem em diferentes fases tem estimulado Ingrid a explorar todas as possibilidades do papel em Reis:

“Foi um desafio muito gostoso poder encontrar essa outra camada dela, de leveza, essa menina sapeca. E isso é muito interessante, porque a gente vai mostrar como ela se tornou essa pessoa que aparentemente é mais sábia, que tem esse peso maior. E é um prazer enorme poder passar por todas essas nuances da vida dela”.

Apesar de a narradora já ter vivido muitas dificuldades, ainda é possível ver nela a pureza da Naamá jovem.

“Em alguns momentos da narradora mais velha, você percebe que, debaixo de muita dor e mágoa, ela ainda conserva um olhar da jovem, de certa inocência, de acreditar no amor pelo Salomão, uma paixão que ela nunca vai esquecer. E, quanto mais vou fazendo, mais acesso esses momentos de transição da jovem para a mais velha e vice-versa", contou a atriz. 

Giovana Lima viveu Naamá na adolescência, enquanto Ingrid foi Áshima, mãe da amonita
Giovana Lima viveu Naamá na adolescência, enquanto Ingrid foi Áshima, mãe da amonita Giovana Lima viveu Naamá na adolescência, enquanto Ingrid foi Áshima, mãe da amonita

A troca com Giovana Lima, que viveu Naamá na versão adolescente, também foi fundamental para a fluidez da personagem na história, e Ingrid revelou que elas desenvolveram trejeitos parecidos. Além disso, as duas ainda contracenaram como mãe e filha.

“A Giovana tem uma energia que é muito próxima da minha. [...] Como Áshima, conseguimos desenvolver um carinho na preparação. Foi muito interessante, porque era como se ela fosse uma extensão minha, que também era a minha personagem. Foi uma delícia trabalhar com ela. A Giovana é muito especial, muito sensível”, elogiou Ingrid.

Escrita em papiros

Além da espontaneidade e da determinação, uma das características mais marcantes de Naamá é a habilidade de escrever em papiros, algo não muito comum para as mulheres da época em que se passa a série. Para mostrar o domínio da técnica em cena, Ingrid teve ajuda de um especialista. 

Atriz aprendeu a escrever em papiros
Atriz aprendeu a escrever em papiros Atriz aprendeu a escrever em papiros

“O professor me ajudou a escrever algumas palavras e a entender o mecanismo, porque, na nossa escrita ocidental, a gente escreve da direita para a esquerda. No papiro, é o contrário. Ele me ensinou o primeiro verso de Cantares que cito, e eu escrevi certinho. Decorei cada símbolo”.

A atriz lembrou que o papiro era caríssimo para a época, o que exigia uma prudência e segurança muito grande no que seria escrito ali.

“Não é como você escrever em um papel hoje em dia, que você rasga e pega outro. Para escrever no papiro, tinha de estar muito seguro sobre o que você iria escrever, porque era muito valioso. E, para a Naamá, é um momento em que ela está se conectando [com ela mesma]”, contou.

Relembre o momento em que Salomão recebe um dos papiros escritos por Naamá:

Acompanhe a trajetória de Naamá em Reis — A Consequência, de segunda a sexta-feira, às 21h, na tela da Record TV. Assista também ao resumo da semana aos sábados, no mesmo horário e acesse PlayPlus.com.

Veja como começou o romance entre Naamá e Salomão:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.