Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Reis

Ingrid Conte destaca conflitos e desafios de Naamá em Reis

Atriz relembra trabalho imersivo na superprodução ao longo dos últimos dois anos

Entrevistas|Gabriel Alberto, do site oficial


Ingrid Conte aponta que Naamá é uma personagem sempre em transformação
Ingrid Conte aponta que Naamá é uma personagem sempre em transformação

A Sucessão, nona temporada de Reis, mostrou ao público que a impulsividade de Naamá (Ingrid Conte) a levou para caminhos conflituosos. Em entrevista ao site oficial, a atriz refletiu sobre a trajetória da personagem e fez um balanço do ano de 2023.

“A minha retrospectiva deste ano está toda associada à da vida da Naamá. Estou grudadinha com ela há bastante tempo e um dos principais aprendizados é a necessidade de saber equilibrar o amor ao outro e o amor-próprio”, destacou Ingrid.

Ao descobrir que Abisague (Barbara França) tinha sido prometida ao seu grande amor, Salomão (Guilherme Dellorto), Naamá rompeu com os dois e fugiu de Israel logo após dar à luz Roboão (Henrique Camargo), o que trouxe muitos conflitos para a vida da amonita. 

“Ela colocou a história dela com o Salomão como a única fonte de felicidade da vida dela, então se tornou um objetivo muito obsessivo, o que não foi saudável. E como ela não tem essa conexão grande com Deus, colocou a felicidade em questões externas”, refletiu.

Naamá tem sido um desafio delicioso para a carreira de Ingrid, que experimentou diferentes nuances da personagem. 

Naamá é um desafio interessante para a atriz
Naamá é um desafio interessante para a atriz

“Sinto que ela sempre esteve muito viva e passou por alguma transformação e reviravolta em sua personalidade. Mantive um ritmo constante de estudo e observação, e isso é legal, porque apesar de estar há dois anos neste projeto, exercitei a construção da personagem”, apontou. 

A atriz analisou a força dramatúrgica da amonita, que ganhou cada vez mais voz entre o público, apesar de cometer erros, como o envolvimento com Rezom (Nando Rodrigues) e os ataques a Abisague (Barbara França).

“Algo que foi muito legal e sempre escutamos na carreira é o momento em que a personagem ganha vida própria. E isso aconteceu. Percebi que a Naamá se tornou maior do que eu. Ela tem uma história que já a defende, no sentido das escolhas dela. Acho que o grande aprendizado foi esse, ver a personagem ganhando vida própria”. 

Nas redes sociais, os fãs de Naamá não pouparam elogios e reforçaram as qualidades da amonita, tentando proteger a jovem do sofrimento que causou a si mesma. “Sinto que as pessoas compraram a história da Naamá. Ela é muito humana, o público se identifica com as dores e conquistas dela”, contou Ingrid.

Naamá e Abisague tiveram uma briga no episódio final de A Sucessão
Naamá e Abisague tiveram uma briga no episódio final de A Sucessão

“As pessoas torcem muito para a felicidade da Naamá porque querem sentir e acreditar que também podem ser felizes apesar de seus erros”, completou. 

Por fim, Ingrid ressaltou a importância do trabalho em equipe na superprodução, e a necessidade de nutrir o carinho entre as pessoas para o sucesso de um projeto.

Gostou de relembrar a história de Naamá em Reis? Então, reveja todos os episódios no PlayPlus.com. A décima temporada da série, A Decadência, estreia em abril de 2024 na RECORD.

Relembre a trajetória de Davi na juventude:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.