Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Reis

"Personagem grandioso, um rei não só pelo posto", destaca Petrônio Gontijo sobre Davi em Reis

Ator assume o papel principal da série a partir da oitava temporada e falou sobre as primeiras impressões do personagem

Entrevistas|Thaís Silveira, do R7

Petrônio assume o papel em A Consequência
Petrônio assume o papel em A Consequência Petrônio assume o papel em A Consequência

A partir da oitava temporada de Reis, intitulada A Consequência, o público vai acompanhar muitas mudanças na história de Davi. Após uma passagem de tempo de 14 anos na trama, Petrônio Gontijo assume o papel do rei de Israel, aclamado até os dias de hoje por sua grandiosidade.

Em um bate-papo com o site oficial, o ator contou detalhes do processo inicial e das primeiras impressões que teve do personagem. Petrônio explicou que vai entrar na trama após a relação de Davi, atualmente interpretado por Cirillo Luna, com Bateseba (Paloma Bernardi/Anna Lima).

“Ele já se resolveu emocionalmente e espiritualmente com Deus, mas vai colher as consequências aqui na Terra e terá que enfrentar muitas adversidades”.

O artista destacou o tamanho do coração de Davi: “Ele se coloca no lugar do outro, e isso é tão difícil hoje em dia. Ele é capaz de sentir a dor e a alegria das pessoas [...]. Acredito que essa alegria do Davi vem do canal dele com Deus, da certeza absoluta que tem da ação de Deus na vida dele. Isso muda a relação do personagem com o mundo. Mas ele, como ser humano, não deixa de sofrer as dores, as perdas e de perder a cabeça, às vezes, também”.

“É um personagem grandioso, é um rei não só pelo posto, é um rei na ação. Foram as minhas primeiras impressões”, detalhou ele.

Petrônio também disse que começou a observar bastante a atuação de Cirillo Luna durante o início do trabalho.

“Ele consegue fazer o Davi do tamanho do coração que eu imagino que ele tenha. Então, acho muito bonito e uma responsabilidade muito grande dar sequência ao trabalho dele. Estou prestando muita atenção na forma bonita e sincera com que Cirillo está fazendo [o papel]”.

Ator participou de encontro de boas-vindas com elenco da oitava temporada da série
Ator participou de encontro de boas-vindas com elenco da oitava temporada da série Ator participou de encontro de boas-vindas com elenco da oitava temporada da série

O público pode esperar também por muitas semelhanças físicas entre os atores na pele de Davi. Nos bastidores, é possível até confundir os dois.

“Fiquei muito feliz com o trabalho de caracterização. Conseguimos fazê-lo no primeiro dia, em quatro horas estava pronto. Eles já sabiam muito bem o que queriam, tivemos um resultado muito satisfatório para todos. Eu e o Cirillo somos bem diferentes, e é histórico e bíblico que o Davi era ruivo. Foi interessante que, antes de me convidarem para fazer o Davi, eu sonhei que estava ruivo. No outro dia, me ligaram”, revelou.

E qual o grande desafio de dar sequência a um papel? Segundo Petrônio, é deixar o trabalho crível: “É fazer com que o público acredite que aquele é o mesmo personagem que estava antes. Precisei da generosidade do Cirillo, que foi muito bacana comigo, me recebeu no estúdio, nós conversamos [...]. O mais importante é dar sequência emocional ao personagem. Ele faz o Davi com muita nobreza, e eu espero conseguir juntar [tudo isso] para dar credibilidade”.

No entanto, ele lembra que também existem mudanças em Davi com a passagem de tempo.

“Ao mesmo tempo, os anos passaram, então, não é mais o que era, as pessoas mudam, amadurecem, se transformam. É a mesma pessoa, 14 anos depois. E isso vem com outro peso, outra experiência de vida. Davi era humano, então, isso também é importante de ser colocado nessa passagem de tempo”.

Ator como Pedro em Jesus e Arão em Os Dez Mandamentos
Ator como Pedro em Jesus e Arão em Os Dez Mandamentos Ator como Pedro em Jesus e Arão em Os Dez Mandamentos

De acordo com Petrônio, a qualidade do texto da série tem enriquecido o processo: “Está muito bem escrito, com uma poética objetiva, é muito difícil chegar nisso. Ele está sucinto e cheio de entrelinhas. Isso, para o ator, é muito bom, porque os personagens estão absolutamente humanos e aceitáveis, compreensíveis. Acredito que o público vá se emocionar junto com o que for apresentado”, apostou.

Atualmente, Petrônio também pode ser visto como Pedro na novela Jesus, em reexibição nas noites da Record TV, e Arão em Os Dez Mandamentos, exibida à tarde na emissora. A experiência do ator com as produções bíblicas também o ajuda no novo desafio.

“Gosto muito de trabalhar aqui. É sempre um novo começo, mas carregamos a experiência ao mesmo tempo. Fico nervoso como quando foi meu primeiro trabalho, mas aprendi a acreditar que a experiência vai servir (risos). São novelas que me ensinaram muito. Espero trazer o meu melhor, conseguir da mesma forma que eu fiz nas outras, me colocar 100% no trabalho e ter um resultado empático com os telespectadores. Esse diálogo com o público é o mais importante na vida do ator.”

Leia também

A grande bagagem que Petrônio carrega na arte não o fez perder o frio na barriga e nem o brilho nos olhos.

“A vontade de trabalhar, viver e fazer o trabalho dar certo é a mesma daquele menino que, com 17 anos, saiu de Minas Gerais com um toca-fitas amarelo, ouvindo Barão Vermelho, banda que ele adorava, e foi fazer artes cênicas na Unicamp [Universidade Estadual de Campinas]. É aquele mesmo cara que pegou um ônibus e foi prestar vestibular, com o mesmo brilho. Isso é o que eu mais busco manter em mim, embora a gente perca a inocência, é inevitável. Mas a vontade é a mesma”, finalizou.

Enquanto Petrônio não chega em Reis, acompanhe a sexta temporada da superprodução, intitulada A Conquista: é de segunda a sexta, às 21h, na tela da Record TV. Episódios completos de todas as temporadas estão disponíveis em PlayPlus.com, para assistir quando e onde quiser.

Conheça características marcantes dos personagens da série:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.