Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Reis

Petrônio Gontijo encerra trajetória de Davi em Reis e destaca aprendizados com a série

Ator detalha processo de preparação para as últimas cenas do rei de Israel e explica como o papel na superprodução o transformou

Entrevistas|Gabriel Alberto, do R7

Petrônio Gontijo encerra trajetória de Davi em Reis
Petrônio Gontijo encerra trajetória de Davi em Reis Petrônio Gontijo encerra trajetória de Davi em Reis

A morte de Davi no último episódio de Reis — A Consequênciaemocionou o público e seu intérprete, Petrônio Gontijo. Em entrevista ao site oficial, o protagonista da série contou como se preparou para este momento marcante, refletiu sobre o significado da morte e se despediu do rei que marcou a superprodução durante as últimas cinco temporadas.

A sequência em que Davi morre é cheia de poesia. Nos primeiros instantes, o rei termina de escrever um papiro e toca a harpa — é quando ele canta e se emociona ao lembrar de passagens que marcaram a vida dele. Em seguida, Mikhail (Dudu de Oliveira) aparece e o acompanha em direção à luz.

“Desde que eu li essa cena, achei-a muito bonita por ser simples. E acho que o mais difícil é chegar na simplicidade embasada, recheada do momento que a cena pede”, ressaltou Gontijo.

O ator contou que se preparou bastante para gravar o adeus a Davi e detalhou como buscou interpretar o rei.

“Foram aulas de canto e harpa uma vez por semana e muito estudo. Para chegar ao simples, a gente tem que ler muitas vezes, estar ciente do que está fazendo. E, com o Davi, tive essa impressão, quanto mais simples a forma de interpretá-lo, mais contundente ficou. Essa foi a minha empreitada, fazê-lo da forma mais transparente possível”.

Além da simplicidade, Gontijo refletiu sobre a presença de poesia na morte e fez um paralelo com o nascimento:

Ator reflete sobre a poesia presente na morte do rei
Ator reflete sobre a poesia presente na morte do rei Ator reflete sobre a poesia presente na morte do rei

“Acho que são dois momentos-chave da vida. O que a gente faz entre o nascimento e a morte que é a questão. E ter a sorte de morrer da forma que o Davi morreu, recheado de poesia, de leveza, acredito que é o resultado de toda a batalha dele. A gente tem esse medo de falar da morte e, com ele, acontece de uma forma tão plena, que é sem medo. Isso me chamou muita atenção”. 

Relação com Guilherme Dellorto

Os fãs da série se emocionaram com a chegada de Salomão (Guilherme Dellorto) ao aposento do pai e a descoberta de que ele morrera. Para Gontijo, ficar parado enquanto ouvia o sofrimento de Dellorto foi muito complicado.

“As lágrimas dele caíam em mim. Foi muito difícil ficar parado sem fazer nada. A gente construiu uma relação muito íntima. Eu queria muito, como ator, fazendo papel de pai, levantar e dar um abraço nele”, revelou.

Durante as gravações de A Consequência, o ator construiu uma relação muito próxima com Dellorto, que assumiu o protagonismo em A Sucessão. Ao interpretarem pai e filho, rei e sucessor, os dois reforçaram a amizade dentro e fora das telas. E, ao aconselhar o colega sobre o ritmo de trabalho de um protagonista, Gontijo explicou a necessidade da dedicação. 

“Quando o ator se empenha sem pensar no excesso, de que está exausto, consegue resultados que nem ele imagina. Particularmente, gosto muito de um dia grande de gravação. Às vezes, quando a gente grava muito, chega em resultados muito interessantes, porque é quando você para de pensar. O ator pode chegar todo preparado cartesianamente para fazer uma cena e não ser nada daquilo, ser muito mais simples, mais emotivo. Vejo o Guilherme indo muito por esse caminho”, explicou Gontijo.

Petrônio comenta amizade com Gui Dellorto
Petrônio comenta amizade com Gui Dellorto Petrônio comenta amizade com Gui Dellorto

Sobre o reinado de Salomão, que se inicia na nona temporada, Gontijo apontou que Davi tentou deixar tudo encaminhado para o filho. No entanto, o personagem aprendeu que não poderia interferir diretamente nas atitudes dele. 

“Creio que o Davi deixa o melhor dele. A maturidade traz muito isso, você faz o que pode, mas tem coisas que vão interferir demais na decisão da outra pessoa. O Davi fez tudo o que pôde, mas também compreendeu que, em certo ponto, não podia passar. Acho que ele aprendeu, a duras penas, que cada um tem o seu caminho. Davi tentou mudar os outros filhos de todas as formas e não aconteceu”. 

Davi e a relação com as artes

Em toda a trajetória do aclamado rei de Israel, observamos o talento dele e a relação com as artes. Exímio tocador de harpa, o monarca já cantou, dançou, escreveu e lutou em cena. Na sequência que marca a despedida de Davi, ele demonstrou toda a aptidão, o que exigiu uma grande preparação de seu intérprete.

“O mais difícil, para mim, foi a harpa, porque é um outro registro mental. A gente não tem na nossa cabeça o dedilhar da harpa, [a ideia de] que nossos dedos são capazes de fazer aquilo. Não sabia fazer os acordes, nem que meus dedos eram capazes daquela velocidade”. 

Ator aprendeu a cantar e a tocar harpa
Ator aprendeu a cantar e a tocar harpa Ator aprendeu a cantar e a tocar harpa

Reis, inclusive, foi a primeira vez em que o ator cantou em cena na teledramaturgia. Antes, já havia cantado no teatro duas vezes, mas não sozinho. 

“O mais prazeroso foi o canto, porque acho a música a coisa mais bonita no mundo. Sou muito fã, mas sempre fui muito desafinado. O Adiel Ferr [professor de canto] mudou a música para o meu tom e consegui cantar pela primeira vez. Não de uma forma maravilhosa, mas sem desafinar, pelo menos. Ainda não tinha tido essa experiência na vida, porque cantei pouquíssimo profissionalmente. Para mim, foi uma grande revelação, me deixou muito contente”, afirmou Gontijo. 

Humildade como aprendizado

Ao encerrar as gravações da série, Gontijo contou que Davi o levou a refletir diversas vezes, principalmente por sua humildade, resiliência e retratação durante toda a conduta de vida após cometer o pecado com Bateseba (Anna Lima).

“O Davi me emociona. Ele me faz raciocinar de uma forma diferente, como quando ele deixa o Simei [Breno de Filippo] jogar pedra nele. Ele enxerga aquilo como oportunidade de exercer a humildade dele sem ser simplório. É um outro tipo de humildade, é real, não é panfletária. Isso fez a minha cabeça dar cinco voltas. A grandiosidade dele me fez reler o Davi de várias formas”. 

Davi e Bateseba são perdoados por Deus
Davi e Bateseba são perdoados por Deus Davi e Bateseba são perdoados por Deus

A relação com Deus também é algo que o ator admira no personagem e trouxe muitas reflexões para ele. 

“Essa busca por uma relação profunda com Deus e de fazer isso seu alicerce me ensina diariamente. Eu me pus ali no lugar de Davi, ele sentiu muita tristeza. Nós estamos acostumados a sempre nos colocar como abandonados, vítimas, e, em nenhum momento, ele se coloca dessa forma. Isso me abriu os olhos logo de cara”. 

Além disso, Gontijo explicou como a retratação é uma força de empoderamento do ser humano, que possibilita grandes transformações. 

“A retração que ele faz diante da sociedade inteira tem um significado muito forte para mim. É capaz de mudar o mundo, a cabeça de uma sociedade, de um país, tem uma força descomunal. E isso me impressionou. Tratar desse assunto me fortaleceu muito como ator e como pessoa. Passamos uma vida cheia de ‘picuinha’ em volta de nós, de fofoca e de culpa pelos nossos problemas, pelo que não fizemos. Então, se você se retrata de coração aberto sobre suas maiores mazelas para as pessoas, é como se você ganhasse uma purificação. A retratação é libertadora”, apontou o ator. 

Adeus a Davi

Em paz consigo mesmo: é desta forma que Petrônio Gontijo encerrou a jornada na série. Após uma experiência tão intensa e engrandecedora, o ator se despede de Davi com o coração aberto, repleto de amor e carinho pelo que entregou durante os últimos meses

“É muito bom o sentimento de que você fez o seu máximo. Não digo bom ou ruim, foi o melhor que eu pude. Estou saindo em paz, e eu lutei tanto por ela... Todo dia [durante as gravações], tinha um pensamento bom e um ruim, e eu conseguia optar pelo bom, efetivamente. Acho que eram os ensinamentos do Davi me ajudando”. 

No dia da exibição do último episódio, Gontijo fez uma publicação em sua rede social para se despedir do rei de Israel.

Confira:

Quer rever Petrônio Gontijo como Davi? Aproveite os episódios completos disponíveis em PlayPlus.com. Acompanhe o início do reinado de Salomão em Reis — A Sucessão, de segunda a sexta, às 21h na Record TV. Perdeu algum momento? Veja o resumo da semana aos sábados, no mesmo horário.

Morte de Davi emociona os fãs de Reis

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.