Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Record - Acesse o Portal de Notícias da Rede de Televisão
Publicidade

Série dos Mamonas Assassinas revive show histórico da banda 

Com a presença de fãs e admiradores, as gravações foram realizadas em Guarulhos (SP), local onde o grupo nasceu e tornou-se conhecido

|Yasmin Dias


Elenco da série Mamonas Assassinas em frente à famosa Brasília amarela. Da esquerda para a direita: Rhener Freitas (Sérgio Reoli), Robson Lima (Julio), Ruy Brissac (Dinho), Adriano Tunes (Samuel Reoli) e Beto Hinoto (Bento)
Elenco da série Mamonas Assassinas em frente à famosa Brasília amarela. Da esquerda para a direita: Rhener Freitas (Sérgio Reoli), Robson Lima (Julio), Ruy Brissac (Dinho), Adriano Tunes (Samuel Reoli) e Beto Hinoto (Bento)

Se você é um grande fã dos Mamonas Assassinas, com certeza já se imaginou em um show da banda. Agora, que tal fazer parte das gravações da série biográfica dos Mamonas Assassinas?

É esta experiência que fãs e admiradores dos cinco integrantes do grupo mais amado do Brasil nos anos 1990 tiveram na tarde deste sábado (11). As gravações de Mamonas Assassinas - A Série foi aberta ao público, que pôde prestigiar de perto a filmagem de um dos shows mais emblemáticos da história dos músicos.

Antes da fama, os Mamonas Assassinas passaram por uma rejeição no conhecido "Thomeuzão", sendo desprezados pelos governantes da cidade de Guarulhos (SP). Anos depois, retornaram ao local em um show histórico que será revivido na série da Record TV.

Com direito a fotos com o elenco e ao lado da famosa e original Brasília amarela, fãs relembraram momentos únicos: “Era apaixonada pelo Dinho, cheguei até a mandar mensagem para ele pedindo para me esperar crescer para que namorássemos”, sorrindo, relembra Fernanda, de 31 anos, que levou uma almofada dos Mamonas para o elenco autografar.

Publicidade

Além da emoção dos fãs, existe o carinho e cuidado dos atores que interpretam os músicos da banda meteórica: “Essa é uma oportunidade incrível, além de uma responsabilidade muito grande de interpretar uma pessoa que trouxe tanta alegria ao nosso país. Estou muito feliz e grato por todo o processo e pela essência harmônica. É maravilhoso!”, revela Ruy Brissac, ator que interpreta o vocalista Dinho.

Familiares dos músicos também estiveram presentes e compartilharam detalhes da experiência: “Estou muito feliz com tudo o que está acontecendo, sempre orgulhosa deles e com o que eles representam até hoje. Estou confiante que vai ser um sucesso. Está emocionante!”, diz Sueli Reoli Lacerda, irmã de Samuel e Sérgio Reoli, baixista e baterista da banda.

Publicidade

O pai dos músicos, Ito Reoli, conta o que mais o alegra: “É muito bom ver que pessoas que nem eram nascidas na época se tornaram fãs dos Mamonas. Crianças e adolescentes, de 10 a 16 anos, que sabem as músicas porque os pais passaram para eles. É um prazer ver tudo isso”.

Promovido pela Record TV, o Mamonas Assassinas XP reuniu parceiros do mercado publicitário no backstage das filmagens em uma experiência imersiva: “Eu conheci os Mamonas aos dez anos, morava perto de Guarulhos e estive presente no show emblemático do Parque Cecap. Então, é uma emoção muito grande reviver tudo isso.”, comenta Halph Silva, publicitário e fã de carteirinha da banda.

Publicidade

“Parece que estou voltando para 1995, me faz reviver muitos momentos. Ver a Brasília amarela verdadeira, vivenciar esse espaço organizado pela Record TV e assistir ao show dos Mamonas é muito legal!”, finaliza o publicitário.

Além de fãs e familiares, uma pessoa ilustre marcou presença no evento, a Mina, do clipe Pelados em Santos. Nereide Nogueira não conteve a emoção ao acompanhar as gravações da série e fez o convite: “Eu tenho certeza que será um sucesso absoluto e convido todos a se emocionarem como eu!”, diz a ex-modelo.

A série biográfica dos Mamonas Assassinas irá contar a trajetória de vida dos cinco integrantes da banda antes da fama, mostrando detalhes das dificuldades do início da carreira, curiosidades sobre os músicos, e o sucesso meteórico até o triste e inesperado fim no dia 2 de março de 1996.

Criada por Carlos Lombardi, escrita em parceria com Carlos Amorim e dirigida por Edson Spinello, a série promete muita emoção, risadas e saudades dos bons tempos que não voltam.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.