Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

Herança maldita: mulher mata primo para ficar com casa deixada pela avó

Vítima foi esfaqueada e amarrada; suspeita confessou o crime

Cidade Alerta|Do R7


Lais Ariane Dias Eduardo, 28 anos, confessou ter matado o próprio primo com requintes de crueldade por conta de uma herança. O jovem Diogo Fagner Eduardo, 25, foi encontrado por policiais dentro da casa onde morava com a suspeita. Ele estava com os pés e mãos amarrados, e foi atacado com golpes de faca. Este imóvel onde os dois moravam foi deixado de herança para eles. O caso ocorreu em Vila Velha, na Grande Vitória (ES).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.