Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Domingo Espetacular
Publicidade

Domingo Espetacular entrevista mulher que passou 500 dias isolada em caverna

Programa deste domingo (23) também traz reportagem em que Roberto Cabrini confronta advogado acusado de matar ex-enteada

Domingo Espetacular|Do R7


Beatriz Flamini ficou confinada a 70 metros de profundidade, sem nenhum contato com outras pessoas
Beatriz Flamini ficou confinada a 70 metros de profundidade, sem nenhum contato com outras pessoas

O Domingo Espetacular deste fim de semana (23) exibe uma entrevista exclusiva com a atleta espanhola que passou mais de 500 dias isolada dentro de uma caverna, a 70 metros de profundidade, sem nenhum contato com outras pessoas.

A equipe do programa é a primeira do mundo a entrar no lugar onde Beatriz Flamini ficou confinada todo esse tempo. Ela cortou contato com o mundo externo em novembro de 2021 e sequer soube que houve uma pandemia nesse período.

Em outro destaque, Roberto Cabrini confronta o principal suspeito de matar uma jovem em Sorocaba (SP). Para a polícia, não há dúvidas: o advogado Eduardo de Freitas assassinou a ex-enteada, Anna Carolina Pascuin Nicoletti, dentro do próprio apartamento dela. Imagens e documentos mostram a conturbada relação entre eles e buscam desvendar o passo a passo do crime. Cabrini também revela novas acusações que pesam contra o ex-padrasto. Eduardo ficou preso por 60 dias, mas agora aguarda o processo em liberdade. O que ele tem a dizer?

O programa também revela, com exclusividade na televisão, um documento até então inédito de Gabriel Diniz, que faleceu há quatro anos em um acidente aéreo, no auge da fama. O pai do cantor, Cizinato Diniz, mostra para a repórter Thatiana Brasil o diário que o artista costumava carregar sempre com ele e foi encontrado no avião. Molhado, o caderno ficou deixado de lado estes anos todos, até que a família se debruçou sobre ele e se emocionou com as anotações deixadas pelo artista.

Publicidade

Nas páginas que Gabriel chamou de “O Melhor Ano da Minha Vida Até Então”, estão composições inéditas, anotações de compromissos profissionais e textos sobre gratidão. O último relato no caderno de Diniz foi escrito em 16 de maio de 2019, apenas 11 dias antes da morte do cantor que conquistou o Brasil com o hit “Jenifer”. O pai mostra que Gabriel tinha o hábito de escrever sobre o que era grato. “Mas o que chamou atenção foi o ato de gratidão. Ele tinha uma rotina de colocar trinta motivos de gratidão e relatava”, conta Cizinato. Ele lê um trecho do diário: “Sou grato pela minha saúde, sou grato pelo meu dom, sou grato pela minha banda, sou grato pela minha mãe, importante demais, sou grato pelo meu pai, sou grato pela minha irmã, sou grato pela minha casa”.

E revela que o filho pretendia aprender inglês para projetar a carreira no exterior. “Ele queria ser um artista internacional. Chegou pra mim e disse: ‘Painho, no final do ano vou identificar um artista americano, um latino e um europeu, e vou fazer um clipe com essas três personalidades mais fortes e vou lançar um clipe. Ele era muito à frente”.

Publicidade

Veja ainda: o ex-marido da cantora Simaria, Vicente Escrig, acaba de lançar o livro “Até que as Mentiras nos Separem”, segundo ele uma obra ficcional sobre o casal Rodolfo e Rodolfa. Mas muita gente apontou que ele usou a obra para contar histórias polêmicas envolvendo a família da artista, com quem foi casado por quase 15 anos.

Escrig concedeu uma entrevista exclusiva para a repórter Ana Paula Gomes em que desabafa sobre a separação traumática que tem afetado, inclusive, a relação com os dois filhos do ex-casal, um menino de sete e uma menina de dez anos. Ele explica que vive na Europa por que tem dificuldade em arcar com a pensão dos filhos, fixada em R$ 34 mil, um valor do qual ele discorda: “Estou pagando assim, dentro das minhas possibilidades”. E desabafa: “Não tem problema, eu vou pra cadeia, mas não vai ser de uma forma anônima, quero que o meu caso seja sabido, com todos os detalhes, muitos deles repugnantes”.

Publicidade

Vicente Escrig também promete se defender das acusações de ter transferido para sua conta pessoal, sem autorização de Simaria, R$ 5 mihões. Ele nega as acusações e promete revelar detalhes sobre a questão financeira na nova obra que pretende escrever. “Nesse segundo livro não vou ter problema nenhum em contar cada detalhe dos profissionais que também têm sua parte da responsabilidade.

No quadro Record 70 Anos – Uma História Espetacular, uma homenagem ao programa de humor que é sempre lembrado com saudade, "A Escolinha", exibida de 1999 até 2001 na emissora. Formato de grande sucesso, a atração teve diversos "professores" no comando dos engraçadíssimos alunos. O quadro, com o repórter Michael Keller, reconstitui uma daquelas aulas malucas com Dedé Santana como o mestre de alguns estudantes que marcaram época: Cida Marques (Dona XT), Araíde Rocha (Juliana Nostra), Paulo Cintura, Geraldo Magela (Zé do Banjo) e Castrinho (Geraldo).

A repórter Patricia Ferraz mostra os segredos para multiplicar apenas R$ 1 para ganhar R$ 100. Ela entrevista o empreendedor Fábio, que viralizou na internet mostrando que é possível cumprir essa meta em apenas um dia.

E ainda, o colecionador de armas que transformou o hobby em um negócio lucrativo e ilegal. André Azeredo mostra os detalhes do esquema para fornecer armamento a uma organização criminosa. E os planos de expandir as vendas para vários estados brasileiros.

O Domingo Espetacular, apresentado por Carolina Ferraz e Sergio Aguiar, vai ao ar a partir das 19h45, logo após o Canta Comigo Teen.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.