Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cidade Alerta
Publicidade

‘Queria ver a morte dele de perto’, diz mulher que planejou armadilha para assassinar o marido

O crime que aconteceu em Guarulhos (SP) teria sido motivado pelo fim do relacionamento; homem está internado em estado grave

Cidade Alerta|Do R7

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Mulher não aceita o fim do relacionamento e planeja matar o marido;
  • Sirlene cortou a mangueira do botijão de gás e causou uma explosão dentro de casa;
  • Marcelo foi socorrido e está na UTI em estado grave;
  • A mulher já havia ameaçado o marido antes.
Esposa planeja armadilha para matar marido que quer terminar o relacionamento em Guarulhos (SP) (Reprodução/RECORD)

O Cidade Alerta contou detalhes de um plano armado por uma mulher para acabar com a vida do companheiro em Guarulhos (SP). O homem, que havia tentado terminar o relacionamento de um ano, agora está internado em estado grave.

Na tentativa de matar Marcelo, de 60 anos, e não levantar suspeitas, Sirlene resolveu cortar a mangueira do botijão de gás. Os vizinhos do casal registraram as chamas em vídeo, que destruíram a casa e danificaram imóveis próximos. Familiares da vítima afirmam que Sirlene já vinha ameaçando a vítima.

Leia também:

“Ela já falou que ia matar ele umas duas vezes, e eu digo ‘tu deixa essa mulher’”, diz a mãe da vítima.

Os parentes de Marcelo, que moram no mesmo quintal, presenciavam diariamente as brigas e discussões do casal, que viviam um relacionamento conturbado.

Publicidade

Sirlene planejou o crime para impedir que Marcelo terminasse o casamento. A vítima estava chegando do trabalho, quando entrou em casa, abriu a porta e acendeu a luz, no momento, houve a explosão. O incêndio se espalhou rapidamente pelo imóvel.

A família de Marcelo percebeu o fogo, e logo, o irmão da vítima tirou a mãe de casa. “Meu menino me chamou ‘mãe, venha aqui’, mas ele não falou o que era, me arrastou, subi a escada com ele e ele me deixou lá na casa dele e voltou”. Dalva afirma que só soube que a vítima era Marcelo, minutos depois.

Publicidade

“Ele desceu pedindo socorro: ‘Me ajuda que eu tô pegando fogo’ e a pele dele começou a cair. ”, conta a irmã da vítima.

“Ele ajudou tanto ela, correu com ela para o hospital porque ela está com câncer no seio. E ela falou para mãe dela ‘eu queria ver a morte dele de perto’”.

Publicidade

Sirlene chegou a ir para a delegacia, mas foi solta porque o Boletim de Ocorrência foi registrado apontando crime de incêndio. A família da vítima acredita que Sirlene deveria responder por tentativa de homicídio.

“Ele está intubado, está ruim, queimou parte do rosto e os braços. Prejudicou as vias respiratória dele, não está conseguindo respirar sem o aparelho”, diz parente da vítima.

A mãe de Sirlene afirma que não vai acobertar a filha pelo crime cometido: “Todo nós temos que pagar [pelo] o que a gente faz, eu não passo a mão na cabeça de filho nenhum”.

Familiares de Marcelo temem pela vida do homem. Eles acreditam que a mulher pode voltar para tentar novamente matar o marido.

“Ela prejudicou ele, não está presa, ta solta por aí. Fomos ao hospital para impedir o pessoal da família dela [Sirlene], com medo dela entrar. Porque se ela fez isso aqui, ela pode fazer outras coisas”, diz parente de Marcelo.

Por enquanto, não há previsão para alta da vítima.

Assista ao vídeo:

O Cidade Alerta vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 16h30; e aos sábados, com duas edições, às 17h e às 21h, na tela da RECORD.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.