Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Câmera Record
Publicidade

Homem que incendiou rival e esposa da vítima dão versões diferentes sobre início da briga

Segundo Fabiana Araújo, o desentendimento que desencadeou no crime brutal ocorreu por causa de R$ 150

Câmera Record|Do R7


Roberto Cabrini esteve frente a frente com Celso Edgar da Silva e Fabiana Araújo. Ele foi flagrado por câmeras de segurança ateando fogo ao corpo do marido dela, que morreu. A discussão entre Celso e Fabiana começou na empresa onde trabalham, uma fábrica de amortecedores de Mauá, na Grande São Paulo. Segundo ela, o desentendimento que desencadeou no crime brutal ocorreu por causa de R$ 150. Celso nega essa versão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.